Uma “rua da vergonha” na Zona Industrial

0
1427
Obras, alcatrão, requalificação
A Rua dos Cerâmicos Caldenses ficou com o alcatroamento a meio. Moradores estão indignados. |Joel Ribeiro

Os moradores da Rua dos Cerâmicos Caldenses protestaram por terem sido esquecidos pelo município nas obras de requalificação da Zona Industrial das Caldas, que pararam a meio daquela via. A Câmara diz que a rua está incluída num próximo plano de intervenções.
Os trabalhos de requalificação incidiram sobre a Rua António Oliveira e o asfalto foi prolongado até uma das entradas da Fábrica Bordallo Pinheiro na Rua dos Cerâmicos Caldenses.

O resto da via ficou por arranjar, o que causou indignação aos moradores. Durante vários dias estiveram duas placas, uma de cada lado, na zona onde parou a requalificação do piso. “Somos gente, falta alcatrão” e “rua da vergonha, por favor alcatrão”, era o que se podia ler nas placas entretanto retiradas no passado dia 16 de Março.
“A estrada está cheia de buracos”, refere João Santos, que habita aquela rua há cerca de 50 anos.
António Covangas, que mora em Loures mas mantém ali casa que frequenta ao fim-de-semana há mais de 10 anos, acrescenta que a estrada “esteve sempre assim, degradada”, apesar dos remendos que vão sendo feitos.
João Santos acha que não faz sentido ter-se arranjado a rua só até à entrada da fábrica. “Pagamos impostos como as outras pessoas”, justifica e acrescenta que “se se retiraram as placas é porque alguém não gostou” que alguém ali as colocasse.
Os dois moradores realçam que fazia sentido que a obra tivesse sido estendida até ao final da rua, até porque aquela via é muito utilizada por muitos trabalhadores que acedem àquela zona através da Avenida Atlântica (junto à entrada da A8).
Gazeta das Caldas contactou a autarquia, que respondeu que se decidiu repavimentar a ligação das ruas António Oliveira e dos Cerâmicos Caldenses porque “se encontrava em mau estado”, o que “já aconteceu anteriormente noutras situações, sendo uma actuação normal e lógica”, acrescenta. A autarquia diz ainda que a Rua dos Cerâmicos Caldenses sofrerá “uma futura intervenção”.