Uma mini-aberta e uma mini-lagoa na Foz do Arelho

2
803
Lagoa

 

A pequena enseada que se costuma formar durante a maré cheia na praia da Foz do Arelho transformou-se quase numa lagoa na passada terça-feira, por força da maré alta que atingiu nesse dia a altura mais alta do mês (3,8 metros). Algumas pessoas pensaram até que o mar iria derrubar a zona da antiga aberta, mas com a maré baixa tudo voltou à normalidade e a mini-lagoa deu sucessivamente lugar a uma poça que, durante a noite, acabaria por desaparecer.
Para esta semana estavam previstas as marés mais altas de Julho, com picos de 3,8 metros, quando, habitualmente, a altura da maré ronda os 3 metros, tendo tido mínimos de 2,7 metros na semana anterior.
Os veraneantes já se habituaram a contar com esta piscina natural durante a maré cheia, que horas depois desaparece ficando assim o areal da praia aumentado. Alguns frequentadores da Foz dizem, porém, que existe o risco de o mar ocupar de forma permanente aquela zona da praia.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Começando por ler o comentário do leitor NDCS, sem antes ler o artigo em si, assumi que algum tipo de situação grave se passaria na Praia.

    No entanto após leitura do a artigo, nada de sensacional encontrei, nem no artigo e si, nem na situação relatada pelo autor, pelo que afinal o sensacionalismo só existe mesmo no comentário do leitor NDCS.

    São opiniões, ou melhor interpretações.

    A propósito, a praia esteve óptima!

    MAC :)