Viagens à borla

0
818

Domingo de sol em São Martinho significa aumento do número de passageiros naquela estação ferroviária, que fica a escassas dezenas de metros da praia. No entanto, isso não significou que, no passado domingo, o negócio tenha sido proveitoso para a CP. Como as bilheteiras das estações das Caldas da Rainha, S. Martinho e Valado dos Frades estavam fechadas, os bilhetes são cobrados durante a viagem pelo único revisor a bordo. “Constatámos junto das pessoas que desembarcaram aqui que o revisor não tem tempo de cobrar os bilhetes todos, ou seja, grande parte dos utentes não pagou bilhete”, revelou Rui Raposo.
Se para os passageiros que acabam por viajar de forma gratuita a situação até é vantajosa, acaba por não o ser para a CP nem para a própria Linha do Oeste pois estes passageiros nem sequer entram nas estatísticas.
Rui Raposo considera “inadmissível” que a CP não disponibilize, pelo segundo ano consecutivo, os comboios de verão e não mantenha as bilheteiras abertas ao domingo, tendo em conta que há um número acrescido de utentes no período de Verão na deslocação para São Martinho do Porto.