Fuga para bem-estar

0
769
Gazeta das Caldas

Cuidar do nosso corpo e mente, oferecendo-lhes momentos de quietude, silêncio e relaxamento é cada vez mais importante e com efeitos surpreendentes sobre o modo de estar de cada um, especialmente nesta época tão efusiva e crescente que somos obrigados a acompanhar.
A procura de spas e/ou centros de bem estar justifica-se por isso mesmo: espaços de fuga mesmo sem ser em altura de férias.
Nos países a oriente a população já tem como prática frequente o recurso às massagens, às terapias convencionais e até à naturopatia como forma de melhorar o bem estar geral.

Por cá e durante muito tempo frequentar spas era visto como algo de luxoso e desnecessário. A realidade, felizmente, já é outra: as pessoas procuram mimar-se , especialmente pelo toque das massagens, procuram dar-se momentos de pausa. Para tal existe uma larga carta de serviços de tratamentos recorrendo a diversas técnicas de massagem: abyanga, californiana, sueca, shiatsu, etc. Também se podem juntar ingredientes para envolvimentos e esfoliações corporais para limpeza de pele ou para tratamentos adelgaçantes. É também possível improvisar o relaxamento com o recurso a aromaterapia, através da cuidadosa seleção do óleo essencial que se adapta a necessidade de cada um.
Os benefícios da massagem são imensos e sentem-se desde a primeira sessão incidindo no sistema circulatório, linfático, nervoso e energético, aliviando os sintomas de fadiga física e mental.
Se estiver interessado no mundo dos spas, informe-se sobre as suas necessidades com um profissional qualificado que lhe saberá indicar qual o melhor tratamento a fazer, com custos acessíveis.

Alexandra Silva
Terapeuta de Spa – Real Abadia Congress & Spa Hotel