Reiki veterinário ajuda os animais

0
158
A técnica tem feito sessões a cães e a gatos e até os animais de grande porte podem beneficiar do Reiki

O reiki não serve apenas para ajudar os humanos. Há no Oeste uma técnica que faz sessões aos animais, promovendo o seu equilíbrio e bem-estar

Rute Alexandra é técnica de Reiki Veterinário. Ela usufrui desta terapia e contou que teve oportunidade de constatar melhorias no seu bem-estar. Decidiu, então, tirar os níveis I e II do curso, com uma mestre que vive na Columbeira (Bombarral) e explica que “a terapia tanto pode ser aplicada a humanos como aos animais”.
A profissional assegura que os animais “podem também obter benefícios deste tratamento”, disse a operadora avícola na Quinta da Freiria (Roliça) e que vive há dez anos no Olho Marinho.
As vantagens do reiki veterinário são várias, pois ajuda a reduzir o stress e a ansiedade, além de que alivia as dores, contribuindo ainda para fortalecer o sistema imunológico dos animais de estimação, de pequeno e grande porte. Por agora, a técnica tem trabalhado sobretudo com cães e gatos e, numa primeira sessão, necessita “de algum tempo para criar um elo de confiança com o animal”.
Esta terapia alternativa pode, também, amenizar os efeitos secundários dos medicamentos e de tratamentos invasivos.
Trata-se de uma terapia que auxilia a equilibra o corpo físico, mental e espiritual, podendo, igualmente, ajudar a resolver problemas comportamentais dos animais.
O reiki é indicado para pós-operatório, animais que sofrem de dores crónicas e outras como a artrite ou artrose. Pode também ajudar animais que se encontram internados e os bichos que sofrem de cancro, pois “ajuda a diminuir os efeitos da quimioterapia”, disse Rute Alexandra, explicando que o reiki veterinário pode ser aplicado sempre que o tutor achar necessário, dependendo do seu estado físico mental e espiritual e, ainda, consoante a necessidade do animal. As sessões de reiki veterinário podem custar entre os 15 e os 30 euros. ■