Requinte Brasil serve gastronomia brasileira e portuguesa

0
871

O restaurante fica situado no n.º 4 da Rua da Estação, nas Caldas, e funciona todos os dias exceto à terça-feira

Os sabores do Brasil estão no n.º 4 R/C D da Rua da Estação, Caldas da Rainha. Requinte Brasil é o nome do restaurante que abriu a 19 de julho, onde a aposta é na gastronomia brasileira, mas também portuguesa.
Vaca tonada, carne de Sol, alcatra, picanha tropical, tábua mista, mas também os célebres pratos tradicionais portugueses, como o bitoque, a alheira e a grelhada mista, são algumas das iguarias que o espaço confeciona, a par dos petiscos, como os torresmos, a mandioca, a calabresa, as moelas e o choco frito, que também são servidos entre refeições. Sábado é o dia da feijoada.
O restaurante é detido por três sócios, Jonathan Guimarães, que é o gerente, sendo natural do estado de Goiás, a esposa, Flávia Ferreira, que assegura a cozinha e que é baiana, e Dhyarley Silva, um amigo de longa data que também apoia na confeção. A eles junta-se a mãe de Jonathan, por isso, para já, não há projetos para aumentar o pessoal.
O gerente vive há sete anos em Portugal, e a sua experiência é na área da administração, sendo este o seu primeiro restaurante.
“Trabalhei alguns anos fora de Portugal, e a minha esposa trabalhou já um bom tempo em restauração. Este restaurante [Restaurante da Simone] era de uma amiga nossa, que teve o desejo de o vender, e nós de o comprar. Quisemos trazer para as Caldas da Rainha um pouco da gastronomia brasileira, mas também atender bem o público português”, afirmou Jonathan Guimarães.

Um dos pratos que é servido no restaurante: Costela assada de vaca no forno

O restaurante tem tido “movimento”, com destaque para os almoços e para as “sextas, sábados e domingos”, recebendo pessoas “um pouco de todas as nacionalidades”, sendo o “público maior” o português e brasileiro.
O restaurante está aberto todos os dias exceto à terça. Às segundas, funciona das 10h00 às 15h00, de quarta a sexta é das 10h00 às 00h00, ao sábado das 10h00 às 02h00 e ao domingo das 10h00 às 23h00.
O restaurante serve também cafés, bebidas e alguns produtos de pastelaria, das 10h00 às 12h00, apesar de Jonathan Guimarães afirmar que “não invisto muito na parte da padaria”. Os almoços são das 12h00 às 15h00. Já das 15h00 às 19h00 serve petiscos, e das 19h00 às 22h00 é a hora do jantar. Apesar da cozinha fechar àquela hora, as pessoas podem aproveitar a esplanada ou as mesas no interior para ficarem a confraternizar até à hora do fecho.
Os preços variam entre os sete e os 12 euros, num restaurante que se pretende “requintado” e onde os sabores do Brasil “em geral” são reis.
Há serviço de entrega por Uber Eats e Glovo. ■

Faça em casa

Feijoada brasileira à moda do Requinte Brasil

Ingredientes: Feijão preto, carne de porco (como carne-seca, costelinha, linguiça), cebola, alho, folhas de louro e temperos a gosto

 

1. Preparação do feijão

Deixe o feijão preto de molho em água por algumas horas ou durante a noite. Cozinhe-o até ficar macio, mas não a desfazer-se

 

2. Preparação das carnes

Cozinhe separadamente as carnes de porco (carne-seca, costelinha) até ficarem macias. Frite a linguiça até dourar

 

3. Refogado Base e montagem da feijoada

Numa panela grande, refogue cebola e alho até dourarem. Adicione o feijão cozido à panela com o refogado. Acrescente as carnes. Coloque folhas de louro e tempere a gosto (pimenta-do-reino, cominhos, etc.)

 

4. Cozimento Lento e empratamento

Cozinhe em fogo baixo pelo menos 30 minutos para que os sabores se misturem. Sirva com arroz branco, couve refogada, laranja e farofa. Bom apetite!