Café-Concerto do CCC tem nova gerência

0
1111
O empresário Rui Jacinto com um dos funcionários da equipa do espaço, Pedro Bernardo
Já reabriu ao público o Café-Concerto do centro cultural. Já há refeições e aposta-se nos petiscos
Reabriu recentemente o café-concerto do CCC. O promotor da nova concessão é Rui Jacinto, designer, docente e formador que foi presidente da Junta de Salir de Matos durante vários anos.
Esta é a sua estreia na área da restauração e “estamos a tentar ser algo diferente, apostando nos petiscos, além do prato do dia”.
Pretende-se contribuir para que o CCC “possa ter mais dinamismo e atrair mais gente”, referiu o responsável. Rui Jacinto quer também apostar na compra de produtos da região, contribuindo para dinamizar a economia local.
Com nova gerência, aposta-se numa equipa de quatro pessoas: uma cozinheira e três funcionários que terão várias funções. Rui Jacinto acrescentou que o espaço trabalha em parceria com o CCC e, portanto, prevê-se a continuação das exposições e de pelo menos a realização de um concerto mensal no palco do Café -Concerto.
“Quem quiser poderá propor-nos uma apresentação de um livro, uma prova de vinhos, poderemos analisar em trabalhar em conjunto”, disse o responsável, aberto a realizar eventos em parceria com outras empresas.
O prato do dia é sobretudo para o almoço enquanto que, à noite serão maioritariamente servidos petiscos tais como chouriço assado, tábua de queijos, tábua de enchidos, ovos rotos, presunto, farinheira com ovos, ovos mexidos, tostas e bifes grelhados.
 “São petiscos que se fazem na hora”, disse Rui Jacinto, acrescentando que em breve vão passar a vender também pizzas e hambúrgueres.
A diária – que inclui prato, bebida e café – custa 12 euros. Alguns dos pratos do dia feitos no novo Café-Concerto foram Lasanha de Carne, Bacalhau à Brás e Caril de Frango.
O espaço abriu em meados de janeiro e “estamos agora em período de adaptação”, referiu Rui Jacinto que já está a dar orçamentos para servir eventos para grupos. Se for preciso “recorreremos a alguns colaboradores externos nesses eventos”.
O espaço está a funcionar de segunda a quinta-feira, entre as 10h00 e as 22h00 e às sextas-feiras e sábados entre as 10h00 e a meia-noite. Ao domingo, o Café-Concerto está fechado, se não  houver espetáculo. ■