Psicóloga Clínica | Sara Malhoa

0
1149
Gazeta das Caldas

Psicóloga Clínica | Promoção da saúde mental infantil

Promover a saúde mental é fundamental para qualquer sociedade sendo considerada um sinal de qualidade de vida, levando a um olhar mais atento de todos nós enquanto cidadãos, técnicos e profissionais da área.
Do ponto de vista da saúde mental infantil, conhecer as etapas de desenvolvimento do ciclo vital é fundamental. Ao longo da vida estrutura-se a personalidade, pelo que uma boa base é fundamental para a estabilidade emocional da criança e o desenvolvimento harmonioso do jovem. Dentro deste âmbito é necessário percebermos que se tornaram comuns os problemas infantis de foro psiquiátrico, um número significativo destes problemas pode ter um mau prognóstico e muitas das perturbações da idade adulta têm as suas raízes em fatores de risco da infância.
Uma intervenção na promoção de competências que aumentem o bem-estar na infância pode ter efeitos preventivos importantes, como é o caso do aumento da auto-estima e da diminuição do comportamento anti-social.
Outro fator de extrema importância, se não o mais importante, é a família. O distúrbio nos pais influencia o desenvolvimento das crianças, principalmente, a discórdia familiar e a interferência com as funções parentais.
A maior possibilidade que as crianças com problemas de comportamento e perturbações emocionais têm de mudar o seu comportamento, reside principalmente na melhoria dos fatores familiares, nas relações positivas nos grupos de amigos e nas boas experiências escolares.
O alvo das intervenções deverá ser não só a criança mas também o meio envolvente, os pais, os professores, os técnicos e as escolas onde as crianças passam a maior parte do tempo.
Para concluir, a Saúde Mental deveria ser uma prioridade no contexto escolar, no sentido da prevenção e promoção do bem-estar e da estabilidade emocional de toda a comunidade educativa.
Quanto maior a estabilidade, melhor a qualidade de vida da nossa sociedade.