Biblioteca Municipal do Cadaval celebra 11 anos de funcionamento

0
73

A Biblioteca Municipal do Cadaval completou, a 19 de Setembro, 11 anos de reinstalação no actual edifício, um equipamento que “veio colmatar uma lacuna até então verificada no concelho, possibilitando fomentar o acesso local à cultura e ao conhecimento”.

Até então, a biblioteca funcionava num edifício contíguo à sede da delegação da Cruz Vermelha do Cadaval e “não respondia às necessidades então sentidas, por ser um espaço muito limitado e sem condições para dar resposta à atual missão da biblioteca”.

O edifício ficou integrado na Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, daí que tenha sido concebido enquanto “centro local de informação”, que veio tornar acessível, a diferentes tipos de utilizadores, o conhecimento e a informação dos mais variados géneros.

Para tal, possui duas secções, uma para adultos e outra infantil/juvenil com os seguintes serviços: empréstimo, consulta local, periódicos, autoformação e audiovisual (com escuta e visionamento locais). Integra também espaços polivalentes para atividades tão diversas como a Hora do Conto, jogos educativos, audições coletivas, projeções, colóquios, exposições, entre outros.

A área pública divide-se em dois pisos, sendo que, ao nível inferior, ficam situados os serviços internos.

Na ocasião da mudança de instalações, a biblioteca passou ainda a contar com serviços baseados nas tecnologias de informação e comunicação, que permitiu, nomeadamente, a transferência e expansão do antigo Espaço Internet, de forma a criar um Espaço Internet e Multimédia, que veio, assim, reforçar a dinâmica já existente no acesso à Internet, continuando a promover o combate à info-exclusão.

Tânia Camilo, responsável da Biblioteca Municipal, salienta que a biblioteca é um “espaço criado para servir a sua comunidade e está aberta a todos, mesmo em tempos difíceis como os que passamos atualmente e que marcam este 11.º aniversário”.

“Foram feitos esforços e adaptações para que a leitura e a informação não faltassem a quem já tem como rotina a visita ao espaço e a utilização dos seus serviços”, frisou.

A obra foi financiada pela Câmara Municipal do Cadaval e pela Administração Central (através do programa Rede Nacional de Bibliotecas Públicas). O valor total de investimento rondou 1,3 milhões de euros, que contou com uma comparticipação financeira global de cerca de 1 milhão de euros.