Exposição sobre livros no Josefa d’Óbidos Hotel

0
100

A exposição Pedras de Leitor, de Madalena Bensusan, está patente no hall de entrada do Josefa d’Óbidos Hotel e pode ser vista, em horário livre, até 3 de janeiro.

A mostra quer apelar a uma “necessária corrida ao livro”. Essa mensagem é transmitida por pequenas criaturas brancas de porcelana, imaginadas por Madalena Bensusan que idealiza, em cada uma das suas peças, essas personagens à procura da posição ideal para a leitura. “Esses pequenos leitores saltam para telas, rochas e instrumentos de música coloridos e, sempre com a mesma energia, procuram chegar ao seu objeto preferido: o livro!” afirma a artista plástica em nota de imprensa da unidade hoteleira.

Contudo, a mostra “Pedras de Leitor” não se destina apenas aos amantes do livro e da leitura, pois a autora pretende “tocar os corações daqueles para quem o livro e a leitura nada representam”, procurando que passe a ter um significado diferente, através de uma arte sentida.

No mesmo espaço da exposição, o Recanto de Leitura do Josefa d’ Óbidos Hotel (inaugurado em fevereiro deste ano) continuará a divulgar o projeto #josefabookcrossing que colabora para o posicionamento de Óbidos, em termos de relevância cultural e de destino com diferenciação turística. Esse projeto literário inspira-se no movimento internacional de bookcrossing e pretende estimular à criação de hábitos de turismo&leitura, associados ao destino Óbidos Creative City of Literature.

Nas estantes do Recanto de Leitura estão quase 400 obras em português, inglês, espanhol e francês. Os hóspedes são convidados a deixar um livro, para que outros o encontrem e o leiam, e a levar consigo outro em substituição.

Através da leitura, e do envio das fotografias de outros locais onde essas obras venham a ser descobertas, o hotel contribui para libertar livros em destinos globais, e sem fronteiras geográficas, e convida a que se partilhem essas imagens com a hashtag #josefabookcrossing.