Sons na Minha Terra estão de regresso à Lourinhã

0
52
O “Sons” inclui a atuação de bandas em locais identitários e transmissão online

O Município da Lourinhã vai desenvolver a segunda edição do programa “Sons na Minha Terra”, no qual convida grupos de músicos nacionais e locais a atuar em locais emblemáticos do concelho.
Os espetáculos são gravados sem público e, posteriormente, transmitidos na página de Facebook da autarquia.
Estão previstas as transmissões dos concertos do grupo “A Garota Não” que foi gravado na Praia de Porto Dinheiro, a 5 de abril. Segue-se Jameiratron, a 12 de abril, numa atuação que foi gravada no Miradouro de Pena Seca. Leo Middea é o artista seguinte que deu um concerto que foi gravado no Parque de Fonte Lima. O último concerto desta segunda edição terá transmissão a 26 de abril. O grupo Fado & Acordeão gravou a atuação no Claustros do Convento de Santo António. As transmissões decorrem, sempre, às 21h30.
A Câmara da Lourinhã lançou, em 2020, a primeira edição de Sons na Minha Terra, com nomes como Noiserv, Tó Trips, Diogo Picão, Daniel Neto, Catarina Munhá e Corações em Conserto, que foram convidados a atuar em lugares identitários do concelho.
Os espetáculos sem público foram posteriormente transmitidos na página de Facebook do Município (www.facebook.com/municipiodalourinha). Dado o sucesso da iniciativa, que conta com cerca de 145 mil pessoas alcançadas na rede social da autarquia, “tornou-se claro que se impunha uma segunda edição”, pode ler-se em nota de imprensa.
“Sons na Minha Terra” continuará a apostar nos melhores cenários do concelho, “aliados à banda sonora perfeita para os fruir”, acrescenta a mesma nota.
Na primeira edição do “Sons” atuaram nomes já estabelecidos, nesta segunda edição, propõe-se “a descoberta de novos artistas e projetos de distinta qualidade e pertinência da cena musical emergente, dando palco à Música Popular Brasileira, ao Rock e à Música Tradicional e de Cantautor”.
As atuações, transmitidas em formato vídeo, no digital, pretendem que a cultura continue a chegar aos cidadãos, mesmo neste período de pandemia, permitindo que os mesmos assistam onde e como quiserem, num momento de partilha com a música e o local onde ela soará.
Os concertos da primeira edição estão disponíveis para visualização no canal de Youtube do Município da Lourinhã (www.youtube.com/channel/UCKwiBpij-SHZGuCwPX4EZbg), o que acontecerá, igualmente, com os artistas da segunda. ■