Os presidentes das Câmaras das Caldas da Rainha e Óbidos solicitaram, esta quinta-feira, à secretária de Estado das Pescas, Agricultura e Alimentação, Teresa Coelho, a revogação do artigo, referente à Portaria número 238/2022, de 15 de setembro, que aprova as normas reguladoras do exercício da pesca comercial nas águas interiores não marítimas na Lagoa de Óbidos, que proíbe o uso da “toneira” por pescadores lúdicos.

No encontro, realizada em Óbidos, a governante mostrou-se disponível para analisar a questão perante Vítor Marques e Filipe Daniel.

Num post no Facebook, o presidente da Câmara de Óbidos considera que a revogação da norma “é uma atitude a pensar nos pescadores lúdicos, mas também nos profissionais, promovendo a utilização do ecossistema lagunar por todos”, entendendo que “ninguém deve ser prejudicado com esta medida”, tendo os pescadores profissionais o direito a pescar com “toneira”, enquanto método seletivo de pesca.