Arte urbana homenageia símbolos da luta contra o racismo

0
28
Rui Vieira e Carlos Quitério junto aos retratos de Mandela e de Martin Luther King

Quem passa pela Avenida 1º de Maio poderá apreciar, na montra do Prontos – espaço que agrega a loja IPremium, um andar destinado ao co-work e à cafetaria – os rostos de Martin Luther King e Nelson Mandela. Aos retratos, juntaram-se frases inspiradoras proferidas pelos dois líderes, símbolos da luta pelos direitos humanos.
Este é um trabalho de arte urbana de Carlos Quitério, pedido pelo alfeizerense Rui Vieira, coordenador da empresa. “Não devemos ficar parados quando há um problema social sistémico para resolver”, disse o empresário, que regularmente pede propostas artísticas aos autores da região e que são apresentadas em espaços do Prontos. Normalmente, as peças de arte urbana são pedidas após os debates feitos em volta de livros pelos elementos que integram a equipa da empresa e são efémeras. Os rostos de Mandela de Luther King poderão ser apreciados até Novembro.
“Não podemos silenciar o que está mal. É importante informar e exercer um activismo moderado mas que é necessário. Podemos influenciar positivamente os outros, mostrando que nos preocupamos com o que se passa a nossa volta”, disse Carlos Quitério, o autor dos retratos. Formado na ESAD, vive nas Caldas há 20 anos e, além da ilustração, trabalha também em artes plásticas, web design, desenho, colagem, teatro mecânico, sendo também um dos responsáveis pela Agenda Viral. Empresário e artista alertaram também que se vivem tempos onde florescem formas de neo-fascimo e que é preciso estar a alerta. Ambos fizeram referência a uma das afirmações de Martin Luther King: “não me preocupa o ruído dos maus, mas sim o silêncio dos bons”.