Futebol/Futsal: Dez clubes da região certificados como entidade formadora

0
76

GD Peso e GD Atouguiense são novidades. Peniche e G. Alcobaça obtiveram quatro estrelas. Caldas SC e AD Alvorninha têm três

A Associação de Futebol de Leiria anunciou, esta semana, a lista de clubes certificadas pela FPF como entidade formadora e, entre estes, há 10 clubes da região.
A maioria destes são entidades formadoras de futebol, num total de oito. A destacar há duas entradas novas em relação ao ano passado. GD Atouguiense e GD Peso obtiveram, pela primeira vez, a certificação, o clube da Atouguia da Baleia com duas estrelas, enquanto o do Peso como centro básico de formação.
Quanto às seis que mantiveram a certificação, há a destacar o GD Peniche, que foi promovido de centro de formação de três estrelas para quatro, juntando-se ao Ginásio de Alcobaça, que manteve essa mesma classificação.
Caldas SC (três estrelas), SU Alfeizerense (2 estrelas), GD “Os Nazarenos” e SCE Bombarralense (centro básico de formação), mantiveram a classificação da época passada.
Os restantes dois clubes da região certificados como entidade formadora são do futsal e também mantiveram as classificações da temporada passada. A AD Alvorninha mantém as três estrelas, enquanto o SC Estrada é centro básico de formação.

Há oito clubes da região certificados no futebol, mais dois que no ano passado. No futsal mantêm-se dois clubes

No âmbito da AF Leiria, foram certificados um total de 51 clubes, mais 15 do que os 36 da temporada passada. No futebol, foram certificados 39 clubes, dos quais 35 no futebol masculino e quatro no feminino. Destes, foram certificados quatro com quatro estrelas, 10 com três estrelas, 18 com duas estrelas, um com uma estrela e seis como centro básico. No futsal foram certificados 12 clubes, dos quais seis com três estrelas, quanto com duas estrelas e dois como centros básicos.
O organismo que tutela o futebol distrital destacou, em comunicado, que os clubes disseram presente a este processo “numa época atípica e muito difícil” e “só assim foi possível” atingir estes números.
“Foram sem dúvida muitas horas de trabalho, muitas reuniões, inclusive via Zoom, para que este significativo crescimento fosse possível”, completa o organismo que tem como presidente o caldense Manuel Nunes, acrescentando que na próxima temporada o número total de clubes certificados poderá ser ainda superior.