Walter Chicharro apresenta queixa sobre carta anónima

0
697

Sem surpresa, as eleições para a Federação Distrital de Leiria do PS que estavam marcadas para o passado fim-de-semana foram adiadas pelo partido, mas a forma como tem decorrido o acto eleitoral interno continua a dar que falar.
Na passada quinta-feira, o candidato da lista A aos órgãos distritais, Walter Chicharro, fez saber que apresentou uma queixa-crime ao Ministério Público contra os responsáveis pela carta anónima que foi enviada aos militantes, há várias semanas, e que tinha como remetente o Largo do Rato.
“Nas últimas semanas, vários militantes receberam, nas suas casas, uma carta anónima implicando diretamente o meu nome em várias acusações falsas. Repudio e rejeito profundamente todas essas acusações”, afirmou o presidente da Câmara da Nazaré, em comunicado, revelando que as cartas foram colocadas “em várias estações dos correios do concelho de Alcobaça e Caldas da Rainha”.
“Como sou totalmente transparente nos meus actos, venho comunicar-vos, tal como comuniquei à Direção do PS, que apresentei uma queixa-crime ao Ministério Público de forma a que toda esta situação criminosa seja investigada e a que a justiça seja servida aos responsáveis por este crime”, declarou  o socialista que pretende suceder a António Sales na Distrital.
As eleições para as Federações distritais do PS ainda não têm nova data marcada.