Greve climática na Praça de Touros a 22 de outubro

0
76

A manifestação é organizada pelo movimento Greve Climática Estudantil

Na tarde de 22 de outubro (sexta-feira) volta a realizar-se uma greve climática nas Caldas. O protesto, organizado pelo movimento Greve Climática Estudantil, exige “uma mudança sistémica e respostas à iminente crise climática”.
A manifestação tem o seu início marcado para as 15h00, junto à Praça de Touros da cidade termal.
“Sabemos que o motivo de termos chegado a este estado das coisas não é da nossa responsabilidade individual, mas do sistema que leva à destruição das sociedades como as conhecemos”, realçam os manifestantes.
“Quando olhamos à nossa volta, apercebemo-nos de que somos uma maioria cujas vidas estão em risco pela procura incessante de lucro ao invés da preocupação com a sustentabilidade neste planeta”, fazem notar em comunicado enviado aos órgãos de comunicação social a anunciar a realização desta ação.
Os ativistas alertam também que “é urgente e é possível proceder a uma transição energética justa, uma transição que faça cortes drásticos das emissões carbónicas a nível global para fazer face à crise climática, mas que não deixa ninguém para trás, garantindo o trabalho digno e a justiça social”.
Por outro lado, não deixam de realçar que “não basta a redução de emissões a nível nacional para mudar tudo”. Mais do que isso, “é preciso um movimento global, interconetado, plural que reconheça o perigo que a crise climática significa nas nossas vidas”. ■