Porto da Nazaré recebe dragagens

0
380
Posteriormente será dragada a barra e o anteporto

Obra, que está a ser realizada pelo batelão “Mareta”, iniciou-se a 31 de julho e estima-se que demore cerca de um mês e meio

Teve início, a 31 de julho, a dragagem do Porto da Nazaré, no âmbito da “Empreitada de dragagens de manutenção dos portos de pesca do Centro”, e com uma duração expectável de 45 dias. A obra foi adjudicada à empresa Inersel – Construções SA e, numa primeira etapa, os trabalhos incidirão sobre as áreas mais interiores do porto, sendo executados pelo batelão “Mareta”. Estes serão de abertura por portas de fundo, equipado com grua e com um sistema de imobilização constituído por duas estacas, incidindo sobre as áreas mais interiores do porto e terão uma duração expectável de um mês e meio, informa a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM). O edital, que dá conta do início da obra, informa ainda os proprietários e armadores para a necessidade de libertação de espaço, onde as operações irão decorrer, de embarcações, boias de sinalização e poitas de amarração.
Ainda durante o verão, a barra e anteporto serão dragados posteriormente com equipamento com maior capacidade. De acordo com a DGRM os sedimentos a dragar “enquadram-se nas classes 1 e 2 e serão imersos em meio marinho para alimentação da deriva litoral”. Esta dragagem insere-se no âmbito do contrato plurianual de dragagens de manutenção dos portos de pesca do centro no triénio 2022/2024.
O Porto da Nazaré enquadra-se na área de jurisdição da autoridade portuária exercida pela Docapesca, que engloba a baia e o espaço terrestre envolvente. ■