“Bordados da Reis” já tem loja física na Usseira

0
235
Liane Reis, de 25 anos, dedica-se aos bordados e artigos personalizados

Marca dedicada aos bordados e artigos personalizados em têxteis-lar, fardamento e artigos para bebé, já tem espaço expositivo

 

Filha de feirantes, Liane Reis desde cedo conheceu bem o mundo dos têxteis-lar, de acompanhar a mãe nos mercados. Já na faculdade surgiu a hipótese de comprar uma máquina pequena de bordar e começaram logo os pedidos de confecção, sobretudo de emblemas e fardamentos. Desde 2022, altura em que acabou a licenciatura, decidiu dedicar-se em exclusivo à venda de artigos de têxteis-lar, apostando numa linha de bordados XXL, de grande dimensão, e mais recentemente em artigos para bebé.
“Na altura da pandemia fiz os diretos no Facebook para a minha mãe e tivemos um volume de trabalho fora do normal”, conta a jovem empresária, que agora abriu a sua loja física, situada na Rua Manuel Teotónio nº81, na Usseira, Óbidos. O espaço, uma antiga casa abandonada reabilitada pelo pai da jovem, surgiu da necessidade de ter toda a variedade de artigos de bebé e de atoalhados bordados XXL em exposição. “As grávidas gostam muito de vir com os familiares escolher o enxoval do bebé”, exemplifica Liane Reis, sobre a necessidade de ter um local para mostra dos seus produtos. É também ali que possui as máquinas para bordar coleções de maternidade personalizadas, kits de batismo, bibes escolares personalizados e fardamento para empresas.
A jovem empreendedora, de 25 anos, também continua a fazer feiras e mercados, sobretudo ao fim de semana, onde borda na hora. “Os imigrantes, por exemplo, gostam muito porque pedem para levar uma recordação de Portugal personalizada”, conta à Gazeta das Caldas.
Para breve está prevista a chegada de mais uma máquina, que é uma inovação em Portugal, que borda lantejoulas, fita e corda. Ainda durante este ano será criado um site na internet, permitindo dar resposta também à elevada procura que há por parte de estrangeiros, sobretudo no que respeita aos artigos de bebé bordados. Liane Reis, que só trabalha com marcas nacionais, destaca a sua qualidade e realça que não possui, para venda, nenhum artigo de que não goste ou que não veja a ser usado por um bebé. “Temos de ter produtos para todos os gostos e orçamentos mas, do mais barato ao caro, tentamos prezar pela qualidade, até porque se for de fraca qualidade não o consigo bordar”, explica.
A loja “Bordados da Reis” está aberta de segunda-feira à tarde a sábado de manhã. ■