Praça com Memória atinge 50 mil visualizações em seis meses

0
145
A peça encontra-se exposta no salão nobre dos Paços do concelho de Óbidos

Projeto, que junta o Arquivo Histórico ao serviço de Desenvolvimento Comunitário, mostra vivências e memórias de Óbidos, envolvendo as pessoas

O Busto da República, esculpido em1908, por José Simões de Almeida (sobrinho), amigo de José Malhoa e um dos principais vultos do naturalismo em Portugal, foi a foto escolhida pelo projeto “Praça com Memória” assinalar o dia 5 de Outubro. Para além da imagem, é também dada uma breve explicação sobre quem foi a modelo para a peça: Hilda Puga, uma jovem, de 16 anos, que trabalhava numa camisaria na Rua Augusta, na Baixa de Lisboa, e que estava a fazer uma entrega quando se cruzou com o escultor, que lhe achou graça e a convidou para posar.
Por esta “praça” digital já passaram fotos antigas de Óbidos e das suas gentes, de entidades oficiais ou de momentos emblemáticos, mas também de festas e romarias deste concelho. Criado em abril, pelo Arquivo Histórico Municipal e a Divisão de Desenvolvimento Comunitário, o projeto assume-se como um local de partilha e preservação do património documental, fotográfico e imaterial, do concelho. Em apenas seis meses atingiu aproximadamente 50.000 visualizações e conta já com uma comunidade digital que ronda as 1.500 pessoas.
Composto por uma página no Facebook e um blogue associado, este último mais vocacionado para textos de carácter científico, o projeto “Praça com Memória” tem abordado temas clássicos da história local, mas também histórias de vida e acontecimentos marcantes para os obidenses, estabelecendo uma ponte entre a memória da comunidade e o seu Arquivo Histórico, através da partilha mútua.
Iniciado num período de pandemia, a “Praça com Memória” tem assentado numa vertente digital, mas no futuro os responsáveis gostariam de ir ao terreno e poder obter testemunhos orais. Outro dos objetivos passa por tornar o projeto em “algo expositivo” que se possa mostrar depois às pessoas. ■