Caldas sai da Taça de Portugal, mas deixa marca

0
96
Clemente, Militão e os adeptos do Caldas em fundo comemoram o terceiro golo do Caldas

O Caldas foi este domingo eliminado da Taça de Portugal, após ter sido derrotado (3-5) pelo Benenses SAD.

Num Campo da Mata que voltou a encher-se de público, com um ambiente de causar arrepios, os pelicanos obrigaram a formação da 1ª Liga a jogar com rotação elevada para evitar surpresas.

A primeira parte terminou empatada a dois, com os azuis a adiantarem-se por duas vezes, golos de Lukovic (3′) e Pedro Nuno (19′), mas o Caldas a responder à letra, empatando por João Tarzan (6′ gp e 33′).

A abrir a segunda parte, a Belenenses SAD fez dois golos de rajada por Pedro Nuno e Calila (52′ e 54′), mas o capitão Thomas Militão reduziu (59′), deixando o jogo em aberto até final, com o golo da tranquilidade, apontado por Afonso Sousa, a surgir na parte final do tempo de compensação (90’+5).

O Caldas sai da prova, mas deixa boa imagem do seu futebol e do seu público.