Museu da Filigrana abre shop na vila de Óbidos

0
70
António Torres exibe a medalha alusiva a Óbidos com que a Anselmo 1910 celebra a chegada à vila

Espaço na Rua Direita apresenta peças exclusivas da marca Anselmo 1910 e reflete o processo de manufatura de uma arte ancestral. Medalha alusiva à vila já pode ser adquirida, por 90€

O Museu da Filigrana no Largo de São Carlos, no Chiado, continua por reabrir, como efeito da pandemia, mas os aficionados desta arte ancestral podem apreciar algumas peças na shop que abriu, recentemente, em Óbidos.
O projeto é da Anselmo 1910, empresa com sede em Torres Vedras, cujo CEO, Nuno Torres, concebeu o projeto Museu da Filigrana e também o da loja na Rua Direita, que abriu portas durante o mercado medieval.
“Decidimos criar este conceito, porque consideramos que a filigrana e Óbidos são duas joias de Portugal e decidimos fundi-las no mesmo espaço”, explica o gestor da loja, António Torres.
Aquele responsável sublinha que, além da divulgação e promoção dos produtos, a loja apresenta “uma visão museológica”, com uma área expositiva que permite “ao cliente interagir com a filigrana”, observando ferramentas que foram utilizadas na manufatura das peças, observando o conteúdo informativo que divide o processo de fabrico em sete fases. Em breve, passará a haver a possibilidade de o cliente fazer a própria peça de filigrana, o que permitirá exponenciar a visita.
A shop é também um tributo a Viana do Castelo, com recurso a uma foto do Desfile da Agonia que suscita grande impacto visual e serve para apresentar algumas das peças próprias que a empresa apresenta ao mercado. A Anselmo 1910 tem duas lojas em Torres Vedras, uma em Braga e outra em Évora, procurando em Óbidos servir outros mercados.
Uma das marcas distintivas da empresa passa pela criação de peças de autor. E se uma das peças mais famosas da filigrana é o Coração de Viana, a Anselmo 1910 já criou o Coração do Porto e o Coração de Lisboa, além de ter desenhado uma coleção sobre Évora, com parceria com Centro Interpretativo do Tapete de Arraiolos.
Para assinalar a presença em Óbidos, o Museu da Filigrana Shop apresenta ao público uma medalha alusiva à entrada da vila, que está à venda por 90€. “Acaba por ser uma lembrança da nossa presença em Óbidos”, explica António Torres.
Na loja, que está aberta durante os sete dias da semana entre as 9h00 e as 20h00, há peças de filigrana à venda a partir dos 15€. As mais caras e exclusivas custam 250€. ■