Quinta do Gradil investe em nova imagem e reforça oferta

0
250
Com a pandemia, a wineshop teve de ser encerrada e a empresa aposta numa alternativa digital

Empresa apresentou nova identidade gráfica, lançou um novo website e renovou o imponente Palácio. Um conjunto de investimentos que visam consolidar o projeto da quinta situada em Vilar

A Quinta do Gradil apresentou a nova identidade gráfica, que inclui um novo logótipo que ostenta na marca o ano de origem (1492) , mas os investimentos sucedem-se. Depois da renovação do Palácio, a empresa viu-se forçada a encerrar a wineshop, devido à pandemia, tendo decidido lançar um novo site, por forma a manter a ligação próxima aos clientes, através de uma visita virtual ao empreendimento e à história.
No fundo, a loja online funciona como “a casa” da Quinta do Gradil, explica o proprietário Luís Vieira. “É assim que sentimos este novo espaço online porque o idealizámos e desenhámos dessa forma, não apenas para ser uma loja de vinhos”, partilha o empresário.
“O objetivo foi que ambas as casas, física e online, crescessem ao mesmo tempo, e que se refletissem uma na outra. Acima de tudo, queremos que quem nos visite online, consiga desde logo sentir o nosso espírito e o nosso ADN”, conclui o gestor, que convida a uma visita ao website (www.quintadogradil.wine), no qual, para além da loja de vinhos que funciona com entregas no Continente e Ilhas, pode ficar a conhecer-se a oferta de enoturismo, a história da Quinta do Gradil que se prolonga ao longo de “Sete Séculos de Vindimas” e as pessoas, que “são a parte mais importante da empresa”.
A operação de rebranding da Quinta do Gradil foi integrada num forte investimento orientado para o futuro da empresa, no final do ano passado. Este trabalho envolveu um levantamento histórico, que protege para memória futura a ligação ao vinho por parte da Quinta.
A investigação desenvolvida permitiu ficar a saber da ligação aos Marqueses de Pombal, de que até agora pouco se sabia, para além da existência da pedra de armas que remete para a família Marquês de Pombal e que está afixada no frontão da fachada principal do icónico palácio amarelo.
As obras de requalificação do Palácio arrancaram em 2019, ano em que se completavam 20 anos sob a gestão de Luís Vieira.
Reabilitado o edifício, que serve como estrutura base de iniciativas de enoturismo e outros eventos, a empresa tem já em preparação o processo de construção de uma cave nova de barricas no piso térreo do Palácio.

Os novos vinhos
A propósito do lançamento do site e do Dia dos Namorados, a Quinta do Gradil levou a cabo uma promoção: oferta de uma garrafa de Espumante Rosé 100% Touriga Nacional, tamanho Magnum a quem adquirisse uma caixa de madeira de três unidades do novo vinho Maria do Carmo, em branco ou tinto.
Elaborado a partir das variedades Semillon e Alvarinho, o Maria do Carmo é um “vinho diferente dos padrões estabelecidos, imponente, mas ao mesmo tempo elegante e subtil”, diz Tiago Correia, enólogo da Quinta do Gradil, para quem, de resto, os novos vinhos ali produzidos se destacam “por uma identidade muito própria, nascida em respeito pela expressão plena das castas, num contexto, privilegiado, de influência atlântica e orográfica da Quinta.”.

Localização privilegiada
A Quinta do Gradil está situada no concelho de Cadaval, ocupando uma área de 200 hectares dos quais 120 plantados com vinha. A sua localização privilegiada, entre a serra de Montejunto e o mar, mas suficientemente afastada deste, permite-lhe tirar partido da influência atlântica, determinante para o equilíbrio ácido e frescura dos seus vinhos, mas, ao mesmo tempo, usufruir de um bom número de horas de sol, importante para a conveniente maturação das uvas.
As mais antigas referências à Quinta do Gradil remontam a 14 de fevereiro de 1492, razão pela qual a empresa decidiu, na operação de renovação da imagem corporativa, passar a ostentar aquele número no logótipo. ■