Assembleia de Óbidos escolhe representantes

0
78
A primeira reunião deste mandato decorreu na noite de 15 de novembro

A primeira reunião ao atual mandato cingiu-se à eleição de representantes deste órgão legistativo para os diversos organismos onde está integrada

Preocupados com a segurança rodoviária e a quantidade de casas devolutas na localidade de Trás-do-Outeiro, alguns moradores foram à Assembleia Municipal de Óbidos dar conta destes problemas e pedir uma intervenção por parte do município. A substituir o presidente da Câmara (que se encontra numa visita de trabalho da OesteCIM a Barcelona), o vice-presidente referiu que estes são problemas identificados. “Andámos na rua [em campanha eleitoral] e essas situações foram-nos colocadas”, disse José Pereira, acrescentando que pretendem colocar algumas lombras na estrada principal, como medida restritiva da velocidade no local. No que respeita ao edificado devoluto, o autarca informou que será reforçado o levantamento feito há uns anos, para haver uma melhor percepção da realidade. A autarquia irá também, em conjunto com a junta de freguesia, tentar sensibilizar os proprietários para recuperarem as suas casas, disse, acrescentando que será um processo longo.
Finda a intervenção, que decorreu no periodo antes da ordem do dia, a reunião cingiu-se à eleição de membros da Assembleia para integrar diversos organismos, bem como da designação do fiscal único para a empresa municipal, em que permanece a mesma entidade que vinha já a desempenhar funções na Óbidos Criativa. Os deputados do PS aproveitaram o ponto para questionar o executivo sobre a manutenção do conselho de administração da empresa municipal, composto por Ricardo Ribeiro, Alexandre Ferreira e Margarida Reis, e que foi confirmada pelo vice-presidente. Relativamente à nomeação do fiscal único, por um mandato de três anos, o PS absteve-se por entender que se trata de uma escolha do executivo.
Os deputados municipais Luís Cunha e Olga Prada (PSD) e Anabela Blanc e Albino Sousa (PS) foram eleitos, por maioria, para integrar a Assembleia Intermunicipal do Oeste, enquando o presidente da Junta de Freguesia do Vau, Frederico Lopes, foi eleito para representar os seus pares no XXV Congresso Nacional da ANMP. Miguel Oliveira (PSD) continua a representar o município no Conselho da Comunidade ACES Oeste Norte.
Fernando Jorge e Lénia Lameiro (PSD) e Pedro Filipe (PS) irão integrar a comissão de atribuição de bolsas de estudo e Olga Prada (PSD), Patrícia Oliveira (PS), Sílvia Correia (PCP) e José Marques (Chega) irão integrar o Conselho Municipal da Juventude, que ainda não foi constituído. O vice-presidente explicou que o regulamento, que ainda irá para apreciação da Câmara e Assembleia Municipal, será resultado de propostas feitas pelos jovens e alunos do concelho. ■