Dois alunos da ESAD destacam-se em concurso de cartazes digitais

0
162

Dois alunos da ESAD destacaram-se no MOP Digital Challenge. Beatriz Dias, estudante de Design Gráfico e Multimédia, alcançou o 2º lugar, enquanto Gabriel Santos, do mesmo curso e escola, foi finalista na competição lançada pela MOP, empresa que se dedica a criar suportes para cartazes digitais de outdoor, a algumas das escolas de Design e de Comunicação do país.
O concurso desafiou os participantes a criar um cartaz animado original, com o tempo de exibição de 10 segundos, com a temática baseada num dos Dias Internacionais da lista oficial das Nações Unidas, a selecionar por cada estudante.
O “Dia da Discriminação Zero” foi o tema do cartaz digital que Beatriz Dias desenvolveu. “Nos dias que correm, ainda temos evidências de pessoas alvo de discriminação, seja social, cultural, étnica, por faixa etária, política, religiosa ou sexual. Este comportamento advém, muitas vezes, das características físicas de cada um, associado a preconceitos enraizados nas comunidades”, destacou a estudante. Para a autora, é necessário continuar a alertar as pessoas para o longo percurso necessário para alcançarmos a Discriminação Zero.

“ Há um longo caminho a percorrer até alcançarmos a Discriminação Zero”

Beatriz Dias

Gabriel Santos foi finalista com “Dia Mundial do Atum” que teve como objetivo apresentar o atum em tom cómico e surrealista.
“O atum é um ser vivo que tem a capacidade de dar um grande salto a partir da água, daí eu ter feito uma analogia com o basquetebol”, salientou o autor, que ainda pretendeu celebrar esta espécie e, como tal, colocou “um grupo de atuns bailarinos a dançar ao estilo dos Rockettes”. Por último, ainda criou o slogan “O atum salva vidas”. O estudante relembrou, por outro lado, que esta espécie permite criar milhões de postos de trabalho “e a sua carne ser rica em ómega 3, contendo minerais, proteínas e vitaminas, e faz bem à saúde”.

“O atum faz bem à saúde e permite a criação de milhões de empregos”

Gabriel Santos

Os dois trabalhos distinguidos neste concurso foram desenvolvidos na licenciatura de Design Gráfico e Multimédia da ESAD.
O MOP Digital Challenge teve início em outubro com a apresentação do concurso, decorrendo depois as fases de escolha e de votação. A MOP recebeu mais de 200 projetos e foram selecionados apenas cinco. A votação foi realizada pelo público no Instagram.
Os projetos vencedores podem ser apreciados em 180 cartazes digitais da rede MOP, nas cidades de Lisboa, Porto e de Coimbra. ■