Elevada afluência cria constrangimentos nas urgências do CHO

0
108

O Centro Hospitalar do Oeste informou hoje que dada “uma excessiva afluência de doentes aos Serviços de Urgência e às Áreas dedicadas a Doentes Respiratórios (ADR-SU)” nos últimos dias é possível antever que “que nos próximos dias ocorram constrangimentos, que provocarão um aumento da demora no atendimento dos doentes que se desloquem a estes Serviços, e a possibilidade de reencaminhamento de alguns doentes para outras Unidades hospitalares do Serviço Nacional de Saúde”.

Em comunicado enviado às redações, o CHO apela a “que os utentes utilizem as urgências hospitalares apenas em situações realmente urgentes” e recorda “que, salvo situações emergentes, antes da vinda à urgência os utentes devem contactar a linha SNS 24 (808242424), que disponibiliza aconselhamento e encaminhamento em situação de doença”. No mesmo comunicado, os responsáveis do centro hospitalar aconselham também a que “os utentes (pouco urgentes), recorram aos Cuidados de Saúde Primários, dirigindo-se ao seu Centro de Saúde”.

“O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste tem envidado todos os esforços e continuará a adotar as medidas necessárias para dar a melhor resposta na prestação de cuidados de saúde à população”, asseguram.