Executivo de Óbidos compromete-se a acelerar o crescimento económico em 2022

0
225
Uma declaração nas redes sociais substituiu a tradicional sessão solene do feriado municipal, devido à pandemia

Descentralização de atividades, apoio à saúde e freguesias e a realização de novos eventos foram compromissos assumidos pelo autarca em dia de feriado municipal

Em funções há dois meses, o presidente da Câmara de Óbidos, Filipe Daniel compromete-se com a “criação de medidas para acelerar o crescimento económico, alicerçado na inovação, na qualidade e na sustentabilidade, que nos permita crescer também em diversidade”. Na cerimónia do feriado municipal (11 de janeiro), que decorreu online, o autarca reforçou a aposta na descentralização, com eventos económicos, desportivos e culturais, bem como na agilização dos procedimentos e tempo de resposta do município, através da implementação de ferramentas tecnológicas e formação dos colaboradores.
No campo da saúde, as preocupações passam pelo arranque das obras no centro de saúde de Óbidos, estando atualmente a autarquia a desenvolver um novo concurso público, uma vez que o anterior não teve propostas. Também irão “continuar a fazer a pressão necessária para que a situação da falta de médicos seja resolvida”, garante o presidente da Câmara, que quer aprofundar a política de prevenção da doença, da prática do exercício físico, do apoio psicológico e nutricional. O atual executivo pretende continuar a trabalhar as questões da educação numa relação de proximidade e “sentido colaborativo” com os principais agentes educativos. Foi já iniciado o trabalho de definição de novos parques infantis, que o executivo quer que sejam “locais de diversão, de desenvolvimento psicomotor, de crescimento, com brincadeira e actividade física”.
Aos grandes eventos como o Folio, o Mercado Medieval, Óbidos Vila Natal e Festival do Chocolate, a autarquia pretende juntar mais três eventos, um na área do desenvolvimento tecnológico e criativo, outro na área da digitalização da agricultura e um terceiro dedicado ao desporto. “Vamos manter a política de eventos ao longo de todo o ano, numa lógica de quebrar a sazonalidade”, salienta o edil, acrescentando que os já existentes terão de “se reinventar, ter novos figurinos e continuar a surpreender”.
A Praça da Criatividade, que será inaugurada durante o primeiro trimestre, “trará uma nova dinâmica para Óbidos”, acolhendo iniciativas ligadas à cultura, gastronomia, conferências e congressos. Também com o objetivo de dinamizar a economia local e o desenvolvimento comunitário estão a ser requalificados os antigos Armazéns do Vinho de A-da-Gorda e a Casa dos Seixos da Amoreira.
Durante este ano a autarquia pretende continuar a apoiar as freguesias e a “apostar na proximidade às pessoas e às suas reais necessidades”, criando condições sócio-económicas, reforçando os incentivos à natalidade e emancipação e promovendo a atracção e fixação dos jovens no território, concluiu Filipe Daniel.■

Presidente da Assembleia Municipal apela a “nova consciência nas relações em sociedade”

O presidente da Assembleia Municipal, Fernando Jorge, apelou à resiliência e cautela de cada um dos munícipes para que o combate pela saúde possa sair vitorioso. O responsável destacou a necessidade de uma “nova consciência nas relações em sociedade” e a “obrigação” do cumprimento das normas da DGS, ao mesmo tempo que deixou uma palavra de reconhecimento aos profissionais de saúde, pelo trabalho que têm feito. Na sua mensagem online para assinalar o feriado de 11 de janeiro, deixou também uma saudação à atuação do executivo , na autarquia e nas freguesias, que têm colocado à disposição das famílias e empresas um conjunto de programas de combate aos efeitos económicos e sociais provocados pela pandemia. Apesar dos constrangimentos. em 2021 “Óbidos não deixou de marcar a agenda regional, nacional e internacional”, vincou Fernando Jorge, dado exemplos de diversos prémios e reconhecimentos obtidos por este município. Destacou a realização de eventos, como o Folio e a Vila Natal, “que mostrou a sua importância para alavancar e desenvolver a economia local”. O líder da Assembleia Municipal encara com “otimismo” o futuro do concelho e manifesta ter “muita confiança” no projeto autárquico que tem vindo a ser implementado. “Saberemos, juntos, vencer esta pandemia e encontrar os caminhos para continuar a construir um concelho cada vez melhor”, concluiu. ■