Ministra da Saúde inaugura em Alcobaça primeira unidade de cuidados paliativos do distrito

0
97

A ministra da Saúde, Marta Temido, inaugurou, esta sexta-feira, a primeira unidade de cuidados paliativos do distrito de Leiria, situada em Alcobaça.

Na cerimónia, a governante destacou “a confiança” que se deve ter “na dinâmica dos serviços públicos, concretamente, do Serviço Nacional de Saúde”.

“Este hospital passou por diversas fases ao longo da sua vida e é com grande honra que assistimos a uma nova readaptação dos seus serviços assistenciais, agora mais preparados para dar uma resposta única no distrito de Leiria. Esta unidade de cuidados paliativos, a primeira do distrito, irá marcar uma nova era em matéria de cuidados de saúde nesta importante região do país”, frisou Marta Temido.

A intervenção na nova unidade de saúde foi financiada 85% pelo quadro comunitário de Portugal 2020 e através de uma doação de 75 mil euros por parte do Município de Alcobaça, devido a um protocolo assinado em outubro de 2019.

A Câmara atribuiu um montante global de 100 mil euros para o apoio e investimento tanto nas infraestruturas do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO) como na instalação da Ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV).

Na sessão, o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, prestou um “reconhecimento pelo enorme profissionalismo dos homens e mulheres” que trabalham no HABLO.

Este veículo de emergência, que detém meios técnicos e humanos, é muito importante não só no transporte de doentes em cuidado paliativos, como na prestação de auxílio urgente que requer um transporte rápido e qualificado. A nível nacional existem 42 ambulâncias SIV, sendo que Leiria detém 5% do total destes veículos.