Seis psiquiatras irão acompanhar utentes nas Caldas e em Peniche

0
27

Já durante este mês o Departamento de Psiquiatria e Saúde Mental do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) irá disponibilizar o apoio de seis médicos psiquiatras, que irão realizar consultas de acompanhamento aos utentes das Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento de Caldas da Rainha e de Peniche. Esta resposta resulta de um protocolo de cooperação assinado entre os CHO e a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), com o objetivo de assegurar a prestação de cuidados de psiquiatria aos utentes das Equipas Técnicas Especializadas de Tratamento da Divisão de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências.
Através de consultas descentralizadas, realizadas nas próprias estruturas das Equipas de Tratamento, passará a ser possível melhorar a resposta às necessidades de saúde de utentes com patologia nas áreas das dependências e na prevenção dos comportamentos aditivos.
Em nota de imprensa, o CHO refere que a implementação deste protocolo é “mais uma oportunidade para promover a articulação entre as unidades prestadoras de cuidados de saúde, e aproveitar a capacidade instalada de forma a responder oportuna e adequadamente às necessidades em saúde dos Utentes da região Oeste, nomeadamente na área da saúde mental”.
O CHO criou um Centro de Responsabilidade Integrado (CRI) para a área médica da Psiquiatria e Saúde Mental, em que são disponibilizadas consultas externas nas três unidades hospitalares. Nas Caldas da Rainha, o CRI disponibiliza consultas externas e sessões de hospital e em Torres Vedras há consultas externas. Para Peniche está prevista a criação de uma unidade de internamento em Psiquiatria e de um hospital de dia, com uma lotação que poderá atingir as 25 camas. ■