Soroptimista Internacional atribui prémio a Célia Antunes

1
617

1-premiocelia2O Hotel Sana  acolheu a 18 de Maio a cerimónia de entrega do prémio Soroptimista Internacional – União Portugal Teresa Rosmaninho 2014 a Célia Antunes, mentora do projecto Olha-Te, que se dedica a apoiar doentes de cancro e suas famílias.
Na sessão da entrega do prémio estiveram presentes 120 pessoas, familiares e amigos da caldense agraciada com esta distinção, que anualmente destaca mulheres que se salientaram na vida cívica e comunitária nacional.
Célia Antunes foi proposta pelo Clube Soroptimista das Caldas da Rainha e o júri considerou que a caldense representa os ideais soroptimistas e também os da mulher que deu nome ao prémio: Teresa Rosmaninho. Esta soroptimista, que faleceu em 2011 vítima de um cancro, foi uma combatente pelos Direitos Humanos, em especial pelos Direitos das Mulheres, tendo coordenado a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Também  fundou a Porto de Abrigo, uma  casa de apoio a mulheres vítimas de violência doméstica e que é gerida pelo clube Soroptimist Internacional Porto.
Durante a cerimónia da entrega do prémio a Célia Antunes, a psicóloga Marisa Lourenço, do Olha-Te, apresentou a premiada, tendo-se seguido a visualização de um vídeo com testemunhos sobre aquela caldense.
“Muito do crescimento do projecto Olha-Te deve-se a esta sua capacidade de comunicar, de estar com o outro e olhá-lo no seu melhor, sabendo reconhecer a sua vocação e de respeitar as dádivas que cada um traz para dar ao mundo. Só assim se pode colaborar e deixar o outro cumprir a sua vocação partilhando o sonho. E isto acontece no Olha-Te através da Célia já há quase quatro anos e repete-se todos os dias”. Palavras proferidas por  Marisa Lourenço durante a cerimónia.
Entre as várias soroptimistas que vieram de todo o país para assistir a esta entrega, esteve presente Lourdes Bettencourt, de 95 anos, que ficou muito feliz com o facto da distinção ser entregue a Célia Antunes. No seu discurso de entrega do prémio, a distinguida referiu que “o segredo de estar aqui hoje são as pessoas que me rodeiam”.
Durante o jantar de gala houve várias intervenções, entre estas, a de Margarida Rodrigues, presidente do Clube Soroptimista das Caldas da Rainha, e do presidente da Câmara das Caldas, Tinta Ferreira. Também participou a filha de Teresa Rosmaninho, Catarina Corte Real, que falou sobre a obra que a sua mãe deixou.

Turismo emocional

O Projecto Olha-Te já ultrapassou fronteiras com as Férias de Recuperação, no âmbito do Turismo Emocional. Entre os dias 6 e 13 de Maio, a associação recebeu pelo segundo ano consecutivo, um grupo oriundo da Bélgica, em parceria com a Segurança Social daquele país.
Acompanhados por uma médica, os participantes puderam usufruir de uma conjugação de turismo com o conceito do Olha-Te. “Nos folhetos da Segurança Social da Bélgica aparece ‘Ferias de Recuperação em Portugal’ e somos nós…”, referiu Célia Antunes.
Os resultados são excepcionais, de acordo com o retorno que foi dado pelos pacientes que vieram descansar uns dias à região. Foi a mesma profissional de saúde que acompanhou os grupos e agora “aguardamos um artigo escrito pela mesma para percebemos o efeito que estas férias proporcionam”, disse a caldense. Este programa é coordenado por Liesbeth Vermoesen, elemento do Olha-te e que possui experiência na área do turismo. Destas férias fazem parte actividades dinamizadas pelos voluntários do Olha-Te em diversas áreas.
Estas Férias de Recuperação contaram com a colaboração do Hotel Atlântico, Marquetur – Roteiros Turisticos Zona Oeste, Casa da cultura de S. Martinho, Restaurante Pato Bravo, Cultartis, Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, Café Populus, Papelaria Vogal, Restaurante Meia Tigela,  Casa da Figueiras, Marisa Lourenço – Gabinete de Psicologia e Psicoterapia, Beijinhos de Óbidos, M’ama das Caldas, Casa do Pão de Ló de Alfeizerão, Clube Soroptimistas Internacional de Caldas da Rainha, restaurante Naco da Pedra, SANA Silver Coast Hotel, Centro de Estética e Bem-Estar Sara Coito e Criar Eco.
Os dinamizadores foram Liesbeth Vermoesen, Célia Antunes, Milu, António Fernando, Anunciação Gomes, Mafalda Sousa, João Carvalho, Padre Eduardo Gonçalves, São Santo, Jorge Batista, Ina Vasquez, Francisco Gomes e Francisco Paramos.

Natacha Narciso
[email protected]

1 COMENTÁRIO

  1. A Soroptimist International União de Portugal celebrou o seu 18º Aniversário com a entrega do Prémio Soroptimista Teresa Rosmaninho Jovem Líder a Célia Antunes, no valor de 500 euros, pelo seu trabalho no projecto “Olha-te” numa gala organizada pelo Clube Soroptimist International de Caldas da Rainha do qual a premiada passou a ser membro.

    Ver o blog Soroptimista PT