PSD em Óbidos na rua para ouvir os munícipes

0
292
O PSD tem realizado, diariamente ações de sensibilização pelas várias localidades do concelho

Dezenas de ações de sensibilização, por todas as localidades do concelho, marcam a campanha

Cerca de 30 cadeiras, com um programa da candidatura do PSD e uma caneta, esperavam os participantes para mais uma ação de sensibilização, desta feita na coletividade do Bairro da Senhora da Luz. Pouco passava das 21h30 de terça-feira quando a iniciativa começou e, pouco depois, era necessário arranjar mais cadeiras para sentar as cerca de 50 pessoas dispostas a conhecer a equipa, liderada por Filipe Daniel, assim como a estratégia social-democrata para os próximos anos no concelho. Antes, a comitiva tinha estado no Arelho, noutra sessão de sensibilização que durou perto de três horas.
“Tem havido uma recetividade extraordinária, por vezes temos de sair dos espaços previstos para acolher todas as pessoas interessadas em participar”, conta o cabeça de lista à Câmara, destacando que trabalhar para as pessoas é o que os move.

“Temos um projeto coeso, estrutural e que dá continuidade à dinâmica que Óbidos tem tido”

Filipe Daniel

Na terra que conhece bem e de onde guarda boas memórias desportivas, Filipe Daniel falou do projeto que têm a 10 anos, “coeso e estrutural”, que assenta na promoção do crescimento económico e social, na intervenção social e num novo modelo de gestão territorial. Mas é também um programa feito a partir de uma auscultação às pessoas, para conhecer problemas básicos como a necessidade de lombas na estrada, de luminárias, ou até de segurança, devido à existência de casas devolutas. Filipe Daniel garante que, caso ganhe as eleições, pretende continuar estas iniciativas de proximidade à população.
A noite foi também de críticas à oposição. O candidato Telmo Félix, apontou baterias ao PS, a quem apelidou de “políticos bissextos”, que aparecem de quatro em quatro anos, e acusou de votarem contra várias das propostas apresentadas neste mandato. Já os vereadores José Pereira e Margarida Reis, que também integram as listas, destacaram o trabalho feito no último mandato, nomeadamente o apoio de 2,5 milhões de euros para as Juntas, assim como o apoio a clubes, que permitiu que a atividade física triplicasse no concelho.
João Carlos Costa, que se candidata à Junta de Freguesia de Santa Maria, São Pedro e Sobral da Lagoa, realçou que os partidos são a causa de desunião entre pessoas que querem a mesma coisa e que, se ganhar as eleições, irá convidar os opositores a trabalhar em conjunto com a sua equipa. ■