Caldas da Rainha no “El Mundo en tu Bolsillo”

0
3332
Noticias das Caldas
| D.R.

Caldas da Rainha está em destaque na última edição da revista de viagens espanhola “El mundo en tu bolsillo”. Ao todo, são seis páginas que se dedicam à cidade termal e a própria capa da publicação destaca os Pavilhões do Parque.
O trabalho sobre as Caldas e o Oeste é publicado a par com outras reportagens de viagem feitas em Jerusalém, Tunes, Bruxelas, Viena e Balcãs (Macedónia, Albânia e Kosovo). Na mesma edição mensal, há outro destaque a Portugal, à Ilha da Madeira.


A reportagem foi feita por dois jornalistas espanhóis que visitaram a região Oeste no final do ano passado a convite da Associação Bed and Breakfast Silver Coast (B&B Silver Coast), que alia vários empresários do sector do Turismo Rural.
E o que destacam os jornalistas do país vizinho? A reportagem tem início nas Caldas. Conta-se um pouco da história fundadora, das termas e do facto da Rainha D. Leonor ter mandado edificar o hospital, melhorando assim as condições dos banhistas no século XV. Relata como surgiu aquele que se crê ser o primeiro hospital termal do mundo e como a localidade se converteu “num ponto de encontro da alta sociedade”. Explica-se o aparecimento do Parque D. Carlos I como local de ócio e que tornava também a oferta das termas mais atraente. Neste podia-se “passear pela natureza e realizar actividades lúdicas, em volta do lago, favorecendo assim uma rápida e tranquila recuperação”.
No artigo refere-se que as termas caldenses deverão reabrir este ano pois as instalações encontram-se encerradas “para realizar obras de melhoria”.
Tema em destaque é a cerâmica local, o legado de Bordalo Pinheiro, a fábrica e os museus. Dá-se ainda a conhecer os ceramistas contemporâneos Carlos Enxuto e Isabel Claro (Bolota).
Descreve-se também Óbidos, Foz do Arelho, Nazaré e S. Martinho do Porto. A reportagem é pontuada por boas fotografias, muitas obtidas com recurso a drones. Há belas imagens dos Pavilhões, da Praça, da Igreja de N. Sra. do Pópulo, do Castelo de Óbidos e de zonas costeiras oestinas.
Paralelamente, são dados a conhecer os vários alojamentos rurais que integram a associação B&B Silver Coast: o Casal da Eira Branca, o Páteo do Duque, a Quinta Japonesa, a Encosta das Freiras e a Casa Adega do Mosteiro.
Nas informações úteis ao viajante dão a conhecer onde fica o Posto de Turismo (ao cimo da Praça da Fruta) e também que pode ser descarregada a aplicação para telemóvel do CityGuide e assim encontrar os locais de interesse, informação útil, assim como o mapa e os eventos que estão a decorrer na cidade.
Em relação aos restaurantes os destaques foram para o Solar dos Amigos, a Taberna do Manelvina, A Lareira, o Selim, a Fruta da Casa e o Meia Tigela.

A IMPORTÂNCIA DOS JORNALISTAS

 

“Temos que continuar a promover este tipo de acções”, disse Jacinto Gameiro, um dos responsáveis da associação B&B Silver Coast que vê com agrado a promoção internacional que o Oeste pode obter ao sair neste tipo de revistas de viagens especializadas.
O empresário, responsável pela Eira Branca (que possui também espaços em Salir de Matos e Óbidos) considera que é necessário traçar uma estratégia de atracção de turistas estrangeiros, convidando jornalistas dos mercados que interessam captar. “É preciso continuar a convidá-los e mostrar-lhes o que temos de bom”, referiu o responsável, que considera interessantes para esta região os mercados espanhol, francês, alemão, holandês e belga. Gameiro defende que é preciso continuar a ir às feiras internacionais e convidar as publicações do sector a divulgar o que o Oeste tem de melhor.