Construção da sede do Teatro da Rainha ficou com concurso deserto

0
1407
Gazeta das Caldas
! D.R.

Estava prevista para amanhã, 16 de Dezembro, a assinatura do contrato para a construção do edifício destinado ao Teatro da Rainha. No entanto, esta não se realizará porque a CIP- Construção SA, a única empresa que concorreu, não apresentou atempadamente (até à passada segunda-feira, 11 de Dezembro) os documentos de habilitação nem as garantias bancárias, necessárias à efectivação do concurso.
A empresa havia apresentado uma proposta aproximada de 1,73 milhões de euros para construir o edifício.
O presidente da Câmara lamentou a situação e diz que em Janeiro será reaberto novo concurso para reiniciar o processo. “Provavelmente teremos que aumentar o valor total da construção”, que era de 1,75 milhões de euros, disse Tinta Ferreira acrescentando que o novo valor terá que ser ajustado com os projectistas da autarquia.
“O município continua decidido a concretizar a sede do Teatro da Rainha”, acrescentou.