Santo António em destaque na Oficina de Mestre João Santos

0
92

Abriu ontem ao público, na Oficina de Artes Mestre João Santos, em Alcobaça, a exposição “Santo António, Um História de Amor no Contemporâneo”, que reúne peças do Alexandre Correia, colecionador de peças de Santo António.
A exposição reflete “sobre uma História não só de devoção, mas também de amor”, dado que o para o colecionador, estas peças são muito mais do que apenas peças de coleção. E isto porque Alexandre Correia iniciou a sua coleção por influência do avô, acompanhando desde pequeno na aquisição das peças. O avô faleceu, mas o neto quis continuar a dedicar-se a esta coleção, perpetuando a memória do seu familiar e colecionador.
“É, por isso, uma prova de que se consegue colecionar amor e afetos”, explica a nota desta exposição onde poderão ser apreciadas 20 das 800 que a coleção tem no total. A maioria das obras, feitas à mão, são únicas e muitas foram feitas em exclusivo para a coleção.
“Santo António, Um História de Amor no Contemporâneo” é feita a convite da artista residente da Oficina de Artes Mestre João Santos, Liliana Sousa, em colaboração com a União de Freguesias de Alcobaça e Vestiaria.
O objetivo deste espaço, situado junto ao rio Alcoa, é continuar a promover e a valorizar a cerâmica sobretudo a sua vertente contemporânea.
A mostra dedicada a Santo António vai estar patente até 9 de julho e contará com um ceramista a trabalhar ao vivo.Do programa fazem parte três dias de workshops de cerâmica temáticos que se vão realizar nos dias 13, 24 e 29 junho, entre as 14h00 e as 17h00. As vagas são limitadas e os interessados poderão fazer pré-inscrição, através do endereço [email protected] ou pelo 964 208 326.