Caldense perdeu nos oitavos do Campeonato Internacionais de Juniores

0
836
Catarina Marqus e Filipa Lopes: a dupla caldense também entrou em campo para jogar como pares senhoras

Houve duas caldenses em prova no Campeonato Europeu de Juniores de Badminton que se disputaram nas Caldas da Rainha: Catarina Marques e Filipa Lopes foram as representantes das Caldas na prova que se realizou na cidade termal. A primeira chegou aos oitavos e a segunda aos 1/16. O penichense Diogo Glória também caiu nos oitavos.

Acaldense Catarina Marques chegou aos oitavos de final do Campeonato Europeu de Juniores sem ter de passar pela fase anterior. Apurou-se fruto da ausência de uma atleta da República Checa. Na manhã de sábado a caldense perdeu com a espanhola Andrea Ibañez. O primeiro set foi mais desequilibrado, com o resultado a fixar-se nos 21-7. No segundo, Catarina Marques já conseguiu jogar melhor e discutir o resultado, terminando em 21-15. “No segundo set tive um melhor desempenho, consegui perceber melhor o jogo dela, foi mais positivo. A adversária era forte, tinha um bom jogo de rede”, referiu Catarina Marques.
Esta caldense pratica badminton há oito anos no MVD e este foi o seu primeiro campeonato internacional. “Entrei um bocadinho nervosa, por ser o primeiro torneio, mas depois acho que consegui dar a volta”. Catarina está no seu último ano como sub19 mas quer continuar no MVD e ir a mais campeonatos como sénior.
Em prova esteve também Filipa Lopes, que perdeu com a suíça Julie Fraconville (que venceu nos pares senhoras com Caroline Racloz) nos 1/16.
Para a suíça foram também os prémios de singular senhora (Dounia Pelupessy venceu a também suíça Milena Schnider) e mistos (Minh Quang Pham e Milena Schnider).
Nos masculinos, os espanhóis dominaram, com vitória nos singulares (Tomas Toledano) e nos pares (Marc Cardona e Miguel San Luis).
O penichense Diogo Glória também caiu nos oitavos de final.
Filipa Lopes avaliou a sua participação como positiva. “Esforcei-me e acho que correu bem para uma primeira vez. A adversária era forte e consistente, conseguia movimentar-se bem e tinha muita força o que lhe permitiu marcar mais pontos”.
Em conversa com Gazeta das Caldas, a jovem que joga há cerca de dez anos no MVD, disse que “é bom jogar em casa, porque estamos habituados ao pavilhão” e salientou a importância destes campeonatos na evolução enquanto atleta.
Os 10º Campeonatos Internacionais de Juniores de Badminton disputaram-se no Centro de Alto Rendimento, nas Caldas, entre sexta-feira, 30 de Novembro, e domingo, 2 de Dezembro. Trouxeram à cidade 139 atletas de 14 países. De Portugal estiveram 23 atletas.
Este fim-de-semana o CAR, nas Caldas, recebe a fase de agrupamento do Campeonato Europeu de Equipas Mistas, com Portugal, Holanda, Islândia e Suíça.