Ciclismo: João Almeida e António Morgado conquistam títulos no contrarrelógio

0
550

Caldenses dominaram o crono e ajudaram colegas a vencer o fundo

Os caldenses João Almeida e António Morgado sagraram-se no passado dia 23 de junho campeões nacionais de contrarrelógio, o primeiro no escalão de Elites e o segundo no de Sub-23.
João Almeida na sexta-feira à estrada, após o pódio no Giro, para disputar o campeonato nacional de contrarrelógio e não podia tê-lo feito de melhor forma. O caldense da UAE Team Emirates confirmou o favoritismo e foi o mais forte nos 33,6 quilómetros da prova masculina de elite, que terminou à média de 51,89 km/h, cortando a meta com 38m51s70, sendo o único a baixar da fasquia dos 39 minutos e gastando menos 34 segundos que o companheiro de equipa, Ivol Oliveira, que repetiu o segundo lugar do ano passado.
“Fiquei algo surpreendido, porque, vindo de uma paragem após o Giro, acabei por estar melhor do que esperava”, comentou João Almeida. “O Campeonato Nacional é uma corrida que todos gostam de ganhar e, para quem corre lá fora, tem um sabor diferente correr em Portugal. O objetivo era que alguém da equipa ganhasse, fizemos primeiro e segundo, acho que foi excelente”, acrescentou, sublinhando que, na prova de fundo era “manter o título na equipa”. Esse título, que João Almeida defendia, ficou mesmo na UAE, para Ivo Oliveira, que tentou uma fuga nos primeiros quilómetros e acabou por vencer isolado, com João Almeida a trabalhar no pelotão no sentido de anular tentativas de outros corredores em chegar à frente.
Também nos Sub-23 a vitória foi caldense no contrarrelógio, com António Morgado a regressar à boa forma após as dificuldades sentidas no Giro Next Gen. O ciclista da Hagens Berman Axeon foi o melhor do crono com 26m49s21, deixando o companheiro de equipa, Gonçalo Tavares, a 27s27. Gonçalo Tavares que conquistou o título na prova de fundo, com António Morgado tranquilo no pelotão. Na prova de fundo, destaque ainda para Tomás Bauwens, dá Óbidos Cycling Team, que fechou o top10. ■