Ciclismo: João Almeida fecha época brilhante no top 10 mundial

0
311

No Giro di Lombardia o caldense foi 40º e terminou a temporada como número 9 do ranking da UCI

João Almeida deu no passado sábado concluída a temporada de 2021 com o 40º lugar no Giro di Lombardia, uma das mais importantes clássicas do ciclismo mundial, que integra os chamados “cinco monumentos”.
O caldense, que realizava a última prova ao serviço da equipa belga Deceuninck Quick-step, esteve com o grupo da frente durante grande parte da prova de quase 200 quilómetros, mas acabou por perder contacto com os favoritos na última e dura escalada no final do dia. João Almeida acabou por encontrar o seu próprio ritmo e cortou a meta isolado, a 6.56 minutos do seu futuro companheiro de equipa, Tadej Pogacar, esloveno da UAE -Team Emirates, que discutiu a vitória com Fausto Masnada, atual companheiro do caldense na Deceuninck.
Antes, a 6 de outubro, João Almeida tornou-se o primeiro português a subir ao pódio de outra clássica em solo italiano, o Milano-Torino, a 35 segundos de Primoz Roglic (Jumbo Visma) e 23 de Adam Yates (Ineos Grenadier), batendo Taedj Pogacar ao sprint na luta pelo degrau mais baixo do pódio.
João Almeida disse que “é sempre um prazer disputar um “monumento”, mas sublinhou tratar-se de ser uma prova “especial” por ser a última como membro do Wolfpack (alcateia), como é conhecida a formação belga.
Os últimos resultados permitiram a João Almeida manter o 9º lugar no ranking UCI, numa temporada brilhante do caldense, na qual conseguiu vitórias nas voltas ao Luxemburgo e Polónia, vários pódios em várias clássicas e na Volta aos Emirados Árabes Unidos, um sexto lugar no Giro, o título nacional no contrarrelógio e presenças nos mundiais, europeus e nos Jogos Olímpicos. Em 2021, o caldense ruma a um novo projeto, com a Team Emirates. ■