Frederico Silva caiu de pé na estreia num Grand Slam

0
23
Tenista em ação durante o embate com o australiano Nick Kyrgios, que foi pautado pelo equilíbrio: 6-4, 6-4 e... 6-4 | D.R.

Estreia do caldense em provas do Grand Slam começou com um “break” a Nick Kyrgios, mas terminou com um triplo 4-6 em quase duas horas

Frederico Silva saiu à 1ª ronda do Open da Austrália, o seu primeiro Grand Slam enquanto profissional, ao fim de três sets e de uma hora e 59 minutos de jogo, mas deu excelente réplica a um dos jogadores em ascensão no plano do ténis mundial. E provou que tem valor para continuar a progredir na modalidade.
A primeira eliminatória do Open da Austrália, que está a decorrer em Melbourne e reúne os nomes mais sonantes do ténis mundial da atualidade, foi triplamente marcante para Frederico Silva.
Sobretudo porque este foi o primeiro encontro que o caldense, de 25 anos, fez no quadro principal de um dos chamados “majors”.
Foi também o primeiro encontro decidido à maior de cinco sets – embora tenha ficado decidido em três – e também o adversário de maior envergadura que Frederico Silva já enfrentou na carreira, já nunca tinha defrontado um tenista colocado acima da posição 78 ATP.
Do outro lado do court estava “só” Nick Kyrgios. O australiano, de ascendência grega e malaia, é o atual número 47 do ranking ATP e também um dos jogadores mais carismáticos do circuito.
No entanto, Kyrgios não era um desconhecido para Frederico Silva, uma vez que ambos já se tinham defrontado duas vezes enquanto juniores, ambas favoráveis ao australiano. Frederico Silva começou bem e venceu os dois primeiros jogos do encontro, o que obrigou Kyrgios a responder para não deixar o caldense descolar.
Frederico Silva defendeu-se com garra, mas acabou por ceder o 2-1 ao fim de 26 pontos. A partir desse momento, o australiano não mais deixou o esquerdino ganhar vantagem no encontro, mas o caldense fez por prolongar a partida.
No terceiro set voltou a conseguir um segundo break, que na altura lhe deu 1-1, mas Kyrgios fechou muito forte o encontro.
No final do encontro e na despedida do Australian Open, o antigo atleta do Clube de Ténis das Caldas da Rainha fez questão de agradecer o carinho daqueles que acreditaram numa façanha ao longo das últimas semanas.
“Infelizmente fui eliminado. É tempo de regressar a casa, treinar, e voltar mais forte! Obrigado pelo vosso apoio!”, declarou o tenista nas redes sociais.
Já o australiano deixou rasfado elogio a Frederico Silva. “Parece que está a tornar-se num bom jogador e que vai fazer coisas muito boas”, declarou o vencedor da partida que decorreu na John Cain Arena, o terceiro maior estádio de Melbourne Park. E onde, certamente, “Kiko” pretende voltar num futuro próximo. ■

O aquecimento do caldense antes de entrar no John Cain Arena, o terceiro maior estádio de Melbourne Park | D.R.