Futebol da ARECO vai iniciar a 20ª temporada e lança equipa sénior

0
825
Victor Sousa, Cipriano Filipe, Décio Benedito e José Simões

Projeto não está focado no sucesso imediato, mas nasce com ambição

O concelho das Caldas da Rainha vai ter na temporada 2023/24 mais uma equipa nas competições oficiais da Associação de Futebol de Leiria: a ARECO. A parceria com a Escola de Futebol Victor Sousa vai iniciar a 20º temporada e completa todos os escalões federados, desde os petizes aos seniores.
Victor Sousa fundou a escola em 2004, depois de ter “pendurado” as chuteiras como jogador profissional, após uma carreira na qual passou por Caldas, FC Marco, Peniche, Beneditense, Rio Maior e Óbidos SC. “É um orgulho vermos este projeto chegar à 20ª temporada, sempre a crescer e a aumentar o número de atletas”, começa por dizer Victor Sousa. Assinalar essa data com a criação da equipa sénior acresce a esse sentimento. “Acima de tudo queremos continuar a dar aos miúdos as condições para crescerem connosco”, acrescentou.
A criação da equipa sénior foi um passo que surgiu naturalmente no projeto de futebol da ARECO, que terminou a época passada com 10 equipas inscritas na AF Leiria e cerca de 200 atletas. A equipa sénior surge numa lógica de “representar o clube e o concelho e dar oportunidade aos atletas de poderem continuar a jogar a modalidade que gostam na sua cidade”, refere Victor Sousa.
Um passo “difícil de dar, com muitos prós e contras”, sublinha, acrescentando que nesta fase, o clube ainda está a angariar apoios para viabilizar o projeto.
José Simões, que está no clube há duas épocas e treinou os seniores do Caldas nas épocas de 2011/12 e 2012/13, será o treinador. “É um projeto diferente, mas aliciante. O clube está a crescer imenso, estamos a formar jovens e eles, depois, tinham que ir jogar para outros lados. É um passo de gigante, mas pensamos que vai dar frutos”, refere o treinador.
Para o plantel, o objetivo é recuperar jogadores que passaram na formação, jovens que subiram dos juniores e juntar alguns jogadores que acrescentem, também, alguma experiência.
Em termos desportivos, não se pensa em sucesso imediato, “mas o objetivo é dar ambição”, diz Victor Sousa. “Quando lançámos a equipa, houve quem perguntasse se era para o campeonato do Inatel, e isso é ponto assente que não. A fazermos uma equipa, teria que ser nos campeonatos da AF Leiria, porque aí temos objetivos”, explica.
Esta primeira temporada é para “criar uma base que permita pensar, depois, em patamares mais acima. Não vamos dar passos maiores do que a perna, mas também não vamos participar só para participar”, sublinha Victor Sousa. “Não temos ambição de ser campeões esta época, mas sim criar um bom grupo, uma equipa, e depois encarar o campeonato jogo a jogo, com ambição de ganhar”, completa José Simões.
Victor Sousa e José Simões jogaram juntos no Caldas. “O Victor era o melhor marcador e eu fazia-lhe as assistências”, brinca José Simões. “Aprecio a frontalidade do Zé, a forma como fala com os jogadores. Além de jogarmos juntos, construímos uma amizade com 30 anos”, refere Victor Sousa, para quem ter no projeto antigos jogadores com quem jogou é importante. “Nesta altura temos dois [José Simões e António Luís], mas seguramente vamos ter mais dois em breve”, sublinha.
Para Décio Benedito, coordenador técnico da Areco, completar o ciclo com uma equipa sénior é importante também para o projeto de formação. “Quando recebi o convite no ano passado para ser coordenador técnico, estava longe de imaginar o que íamos fazer em dois anos. No ano passado demos um passo já muito grande, que foi o processo de certificação. E agora esta inclusão dos seniores é mais um sinal de crescimento”, refere.
O técnico refere que os atletas que estão a começar olham para os juniores como exemplo a seguir, agora todos os jovens da formação “podem ter o objetivo de chegar aos seniores, é mais um fator de motivação”.
Também Cipriano Filipe, presidente da direção da Areco, vê com bons olhos mais este passo dado pela secção de futebol. “Gostamos de ver a vitalidade do futebol, só temos pena de não ter fundos para ajudar”, realça. O futebol da Areco funciona de forma autónoma, mas Victor Sousa pretende também que a direção da associação possa estar envolvida.
A equipa sénior da Areco inicia os treinos a 28 de agosto, pelas 20h30, no Campo Luís Duarte, onde serão os treinos e os jogos durante a época. Nas primeiras semanas os treinos serão abertos, com captação de atletas. Os escalões de formação começam os trabalhos a 1 de setembro, para jovens dos 4 aos 18 anos. ■