Triatlo: CN Torres Novas e SL Benfica sagram-se campeões na Foz

0
531
Partida para o segmento de natação na Lagoa de Óbidos

Prova juntou cerca de 320 atletas na Foz do Arelho para disputar nacionais de clubes, de cadetes e universitários

A secção de triatlo da SIR “Os Pimpões” realizou no passado sábado, em parceria com a Federação Portuguesa de Triatlo, a Câmara das Caldas da Rainha e as juntas de freguesia da Foz do Arelho e do Nadadouro o primeiro Triatlo das Caldas da Rainha, que coroou ou Clube Natação de Torres Novas como campeão nacional em masculinos e o Benfica em femininos. A prova foi uma grande jornada desportiva, que juntou mais de 320 atletas na Foz do Arelho.
Na prova principal, os triatletas foram desafiados a percorrer um segmento de natação na Lagoa de Óbidos, na praia da lagoa da Foz do Arelho, aos quais seguiam 19, km de ciclismo que os levou pela zona das arribas e as suas belíssimas paisagens e de volta à zona do cais da Foz, onde se fazia nova transição para 5 km de corrida, pela estrada junto à lagoa com incursão na freguesia do Nadadouro.

Muito público concentrado na zona de transição, no cais da Foz do Arelho

Na prova principal do cartaz, o campeonato nacional de clubes, a vitória individual foi para João Batista, do CN Torres Novas, que completou os três segmentos em 52m30s, com uma margem superior a 1 minutos sobre Christophe De Keyser, do Olímpico de Oeiras. O clube de Torres Novas dominou por completo, colocando cinco atletas nos seis primeiros lugares, garantindo assim por larga margem o título de campeão nacional de clubes, com o Olímpico de Oeiras em segundo lugar e o Benfica (que se apresentou sem os seus principais triatletas) em terceiro, estes separados por apenas 14 segundos.
Nos clubes da região, o Quitério TriPeniche foi 12º com Pedro Carreira, Rui Pereira, Tiago Santo e Patrick Ebrero a fecharem em 67º, 78º, 90º e 122º. A correr em casa, os Pimpões ficaram em 16º, com João Inácio, Luís Oliveira, Rafael Assis e Nuno Correia em 62º, 85º, 130º e 146º.
Na prova feminina, vitória para Inês Oliveira, do Sporting, que bateu num final emotivo Mariana Vargem, do Benfica, por apenas 9 segundos. O Benfica sagrou-se, no entanto, campeão nacional, à frente do Olímpico de Oeiras e do Sporting, com mais de 11 minutos para os dois clubes.
A prova caldense consagrou, ainda, os campeões nacionais de cadetes. Tomás Figueiredo, do Olímpico de Oeiras, venceu a prova masculina com 3 segundos de vantagem sobre José Ferreira, do Sporting. Dinis Carvalhinho, dos Pimpões, foi 16º. No feminino, triunfo para Cassilda Carvalho, do Benfica. Nos universitários, Afonso Canto, foi campeão masculino e Beatriz Ferreira nos femininos. ■