Cinco bebés nasceram no Hospital das Caldas no primeiro dia do ano

0
150

Nascimentos nas Caldas subiram ligeiramente relativamente a 2019

 

Eram 3h23 da madrugada quando nasceu o primeiro bebé no Hospital das Caldas da Rainha. Tratou-se de um parto por ventosas, tendo o bebé seguido para o serviço de neonatologia onde foi acompanhado. Os pais são de Torres Vedras e o bebé nasceu com 3,310 quilos.
Pelas 7h02, ocorreu o segundo nascimento. Matilde, filha de Rute Ferrão e Hélio Chagas, de Peniche, nasceu com 3,385 quilos, de parto normal. A mãe, de 27 anos e operária fabril, não escondia a alegria por esta “prenda de ano novo”, que foi o nascimento da terceira filha, que se vem juntar a um menino de 5 anos (Mário) e uma menina, de 4 anos (Maria). Foi, aliás, a mana mais velha quem sugeriu o nome da bebé.
O casal chegou ao hospital das Caldas na noite de 31 de dezembro, pelas 22h00, tendo a bebé nascido na manhã seguinte. O pai, mecânico, de 45 anos, assistiu ao parto mas, tendo em conta as regras por causa da covid-19 apenas pôde entrar e acompanhar a esposa quando a criança estava prestes a nascer. Fazer o teste à covid e usar máscara foram as outras alterações impostas pela pandemia à jovem mãe. Rute Ferrão reconheceu que foi difícil passar a noite da passagem de ano longe dos filhos, mas está feliz por no próximo ano poder festejar com mais um elemento na família.
Ainda no primeiro dia do ano nasceram mais três bebés, num total de cinco, na maternidade do CHO, nas Caldas da Rainha.
Em 2020 nasceram na maternidade do CHO, localizada no hospital das Caldas, 1352 bebés, mais 23 do que no ano anterior. Uma tendência que se vem mantendo nos últimos anos, tendo em conta que em 2019 tinham nascido mais 91 bebés do que no ano antes. ■