Adega da Vermelha ganha sete medalhas na Bélgica

0
115
Os sete vinhos da Adega Vermelha medalhados em Bruxelas

Os vinhos da Adega Cooperativa da Vermelha continuam a amealhar medalhas nos concursos nacionais e internacionais em que tem participado este ano e juntou mais sete conquistadas no Concurso Mundial de Bruxelas com as marcas AV e Mundus.
A associação de produtores do concelho do Cadaval foi premiada com a Grande Medalha de Ouro o Adega da Vermelha Grande Reserva Tinto DOC Óbidos 2015.
Além desta distinção, a segunda mais elevada entregue no concurso os vinhos da Vermelha receberam mais seis medalhas de prata, para os vinhos da insígnia Mundus Regional Lisboa Alicante Bouschet 2015, Regional Lisboa Syrah 2015, Regional Reserva Tinto 2013, Regional Tinto 2018, Regional Escolha Tinto 2013 e Espumante Bruto 2018.
Em nota de imprensa, a Adega da Vermelha que os prémios com que a sua vasta gama de vinhos se tem vindo a destacar são “fruto do trabalho contínuo em melhorar os seus vinhos todos os dias”.
Nesta competição, que reúne produtores de todo o mundo, foi ainda distinguida com três prémios a empresa Parras Wines, que tem sede em Alcobaça, com três vinhos produzidos em Tomar, na região vinícola do Tejo, nomeadamente o Trote Reserva 2019, com medalha de ouro, e o Cavalo Negro Vinhas Velhas 2019 e Cavalo Bravo Premium 2019, ambos com medalha de prata. ■