Goanvi Bottling é referência no engarrafamento de vinhos

0
94
Empresa, com sede em Alcobaça, faz parte do grupo Parras Wines

Fundada em 2005, presta serviços desde o enchimento ao produto acabado
e ao marketing

A Goanvi Bottling engarrafa cerca de 1,5 milhões de litros de vinho por mês e já exporta para três dezenas de países.
A empresa do grupo Parras Wines recuperou o edifício da antiga Companhia Fiação e Tecidos de Alcobaça, na Fervença, para ali instalar uma central de engarrafamento de bebidas que já se tornou numa referência do setor a nível nacional.
Especializada na prestação de serviços na área de vinhos, desde o enchimento ao produto acabado, passando pelo marketing, a Goanvi, fundada em 2005, aposta na inovação e coloca à disposição dos clientes um laboratório que permite a produção de rótulos próprios para marcas de clientes e marcas exclusivas.

Empresa do grupo Parras Wines engarrafa 1,5 milhões de litros de vinho por mês

A empresa, que terá investido cerca de 2,5 milhões de euros em tecnologia para criar novas linhas de produção, engarrafa os vários vinhos do grupo, mas também de outras marcas. E já representa cerca de 40% da faturação total do Parras Wines, um dos dez maiores grupos económicos do setor do vinho a nível nacional.
A Quinta do Gradil, outra das empresas do grupo, foi duplamente distinguida na gala anual “Grandes Escolhas” da Revista de Vinhos, realizada no passado dia 4 de março. A produtora vinícola foi a escolhida como Produtor do Ano e teve um dos seus novos vinhos, Maria do Carmo 2015, como o único vinho de Lisboa no top 30 dos melhores vinhos do ano. A distinção surge depois de, já este ano, o grupo Parras Wines ter sido considerado empresa do ano do setor para a Revista de Vinhos.
Situada no concelho do Cadaval, com uma área de 200 hectares dos quais 120 plantados com vinha, a Quinta do Gradil apresentou no final do ano passado uma nova identidade gráfica, que espelha a experiência adquirida na vinha e na adega ao longo das duas últimas décadas, assim como a história da propriedade, com sete séculos. Depois da recuperação do Palácio, a aposta passa pelos casamentos e eventos. ■