Alunos e docente da ESAD representaram IPL em evento em Bilbau

0
387
Ana Rita Manique ganhou uma residência artística que terá lugar no Centro Internacional de Estampa na Corunha

Alunos e docente da ESAD estiveram no festival internacional de gravura em Bilbauo e uma das estudantes sagrou-se vencedora do prémio desta edição

Ana Rita Manique, estudante de mestrado em Design de Produto da ESAD, ganhou o prémio da 8ª edição do espaço “Cubos das Tentações”, no Festival Internacional de Gravura e Arte sobre Papel de Bilbau (FIG Bilbau), em Espanha.
O evento decorreu entre os dias 25 e 28 de novembro, no Palácio Euskalduna de Bilbau.
À Gazeta das Caldas, a jovem contou que “não estava à espera” de vencer o certame e explicou que o prémio que lhe foi atribuído foi a participação numa residência na Fundação CIEC, Centro Internacional da Estampa Contemporânea de Betanzos, na Corunha.
Além de mestranda em Design de Produto na escola de artes das Caldas, a aluna é também monitora na oficina de gravura, onde acompanha e auxilia outros alunos na produção dos seus trabalhos nesta área.
A autora não podia estar mais satisfeita com o facto de ter recebido esta distinção.
“Imagined Cities” foi o projeto que lhe valeu a conquista deste prémio. Tal como os restantes estudantes, Ana Rita Manique teve à sua disposição um cubo de dois por dois metros e nele teve de apresentar o projeto, recorrendo a técnicas de impressão e de serigrafia. Resolveu, então, produzir “uma nova cartografia de uma cidade imaginária e que ainda não existe”, disse a artista plástica, que prossegue estudos nas Caldas, na área do design.
Ana Rita Manique parte do desenho e da fotografia para criar imagens relacionadas com um pensamento multidisciplinar, ocupando-se de questões relacionadas com o urbanismo, o design e as artes. E é com esta base que surgem as suas impressões de uma cidade que apenas imaginou e que ainda está por criar. Ana Rita Manique reconhece que “Imagined Cities” foi um projeto “ambicioso” e contou que o desenvolveu com o intuito de “quebrar as dimensões físicas do cubo de madeira, convidando o espectador a imaginar um outro lugar, com novas cartografias”.
No cubo encontrava-se um rolo impresso com 12 metros, “como se fosse um pergaminho gigante sobre a cidade que imaginei”, disse a autora. Estar presente no FIG Bilbau, mostrando o seu trabalho e, em simultâneo representar a ESAD e o IPL “ foi uma enorme honra”, afirmou Ana Rita Manique, que é de Alpiarça. A autora também se dedica à aguarela nos seus tempos livres e já realizou exposições nas Caldas.

Escolas, artistas e galerias lusas
O IPL foi uma das duas instituições de ensino superior convidadas a participar na 8ª edição do espaço “Cubos das Tentações” e esteve representado por quatro estudantes da ESAD: Ana Rita Manique, Miguel Ferreira, Miguel Ângelo Marques, Sara Pinho da Cruz e ainda pela docente Célia Bragança. Segundo esta última, trata-se de um importante festival espanhol da área da gravura e afirmou que“foi uma ótima experiência para os alunos, um grande projeto que envolveu interligação e trabalho de equipa”.
Além do IPL, também participou no evento a Faculdade de Belas Artes do Porto. Os estudantes apresentaram os seus trabalhos – usando técnicas de gravura e de serigrafia – e as docentes, uma de cada universidade, deram a conhecer o seu trabalho artístico, com exposições no festival.
No evento marcaram presença 60 galerias e mais de 500 artistas de vários países como dos EUA, de França e da Dinamarca. Entre as galerias contaram-se seis lusas que levaram as últimas tendências do que se faz ao nível da arte gráfica em Portugal. Patentes estiveram também exposições de obras de gravura das artistas portuguesas Paula Rego e também de Maria Helena Vieira da Silva. ■