Arguidos por simulação de roubo violento na Nazaré

0
409
Gazeta das Caldas

Na noite do passado dia 25 de janeiro, o Comando Distrital da Polícia de Leiria da Segurança Pública, por meio da Esquadra da Nazaré, constituiu como arguido um casal residente naquela vila por simulação de crime e possível tentativa de burla de seguros.

O casal dirigiu-se à esquadra da PSP da Nazaré, alegando ter sido vítima de um roubo violento, com ameaça de arma branca. Relataram ainda as características físicas do suposto suspeito, alegando que o incidente ocorreu no dia anterior, 24 de janeiro, por volta das 21h30, durante um passeio em família naquela vila. Alegou ainda terem sido roubados ambos os seus telefones móveis, avaliados em cerca de 2.000 euros.

Durante o processo de denúncia, surgiram contradições e inconsistências nas informações fornecidas pelo casal, levantando suspeitas sobre a veracidade do relato. As investigações sugeriram que o incidente poderia ser uma simulação de crime, possivelmente com o objetivo de acionar contratos de seguro que cobrissem o tipo de crime relatado. Posteriormente, o casal confessou ter fabricado a história.

A investigação prosseguiu com diligências adicionais, incluindo uma busca domiciliária autorizada à residência do casal, resultando na apreensão dos telefones móveis inicialmente relatados como roubados.

O Ministério Público da Nazaré foi informado dos factos e assumirá a tutela da ação penal neste caso. Os arguidos enfrentam agora fortes indícios do crime de simulação de crime e, possivelmente, tentativa de burla relacionada a seguros.