Considera que as Caldas é uma cidade termal ou de cerâmica?

0
806
Filipe Botelho, professor (Caldas da Rainha)

Neste momento acho que é uma cidade de cerâmica dado que o investimento e o processo de revitalização das termas pela Câmara foram mal conduzidos. O Hospital Termal devia continuar no Estado e continuar a preocupar-se com a saúde. Termas de bem-estar já há muitas no país.
Creio que por iniciativa privada a cerâmica está a viver um bom momento. Vejo que está dinâmica em eventos, como a Feira dos Frutos e também sei que a Associação de Artesãos tem uma nova sede e dinamismo.

Isabel Trindade, doméstica, (Cadaval)

Acho que é uma cidade mais de cerâmica. Tem muitos artistas a trabalhar nesta área e a fazer peças muito interessantes. Penso que a localidade está mais voltada para esta área artística pois as termas neste momento estão fechadas. Ainda não precisei de tratamentos, mas as termas são boas para a saúde e quando abrirem serão também importantes para dinamizar a cidade.

Avelino Constantino, empregado de hotelaria, (Alvorninha)

É sobretudo uma cidade termal pois as termas são mais antigas do que a cerâmica. Acho que, por isso, as termas deveriam ser reactivadas de modo a que pudessem voltar a dar um importante incentivo à economia local da cidade.
A cerâmica também já foi importante pois as fábricas que aqui trabalhavam já exportaram milhares de peças para o estrangeiro. Era igualmente importante que o sector pudesse ser mais dinamizado. N.N.