Construção do Centro Cívico Intergeracional de Peniche já arrancou

0
167

O Município de Peniche assinou esta terça-feira o auto de consignação que assinala o arranque das obras para a reabilitação do antigo edifício da Central Elétrica de Peniche, que se vai transformar no novo Centro Cívico Intergeracional.

A empreitada compreende obras de reabilitação e ampliação do edificado de modo a transformá-lo num equipamento multifunções, que vai permitir a realização de novos serviços públicos de âmbito cultural.

Neste espaço, será privilegiado o acesso ao conhecimento e convívio entre todas as gerações, tornando acessíveis aos seus utilizadores informação e conhecimento de todos os géneros, nas diferentes áreas e valências, nomeadamente científica, artística, literária e técnica. Neste novo espaço os penichenses poderão, além de fazer pesquisa, realizar atividades de lazer, desporto, informação e cultura.

O Centro terá ainda um espaço de galeria destinada a sala multifunções, que permite a criação de um espaço colaborativo de incubação de empresas e a deslocalização das instalações de apoio ao Estúdio de Dança para o seu interior. O edifício contempla ainda as funcionalidades biblioteca, sala de leitura, espaço Internet, espaços expositivos com caráter permanente e temporário e auditório para 192 espectadores.

A obra representa um investimento próximo dos 3,2 milhões de euros e é financiada pelo quadro comunitário, cabendo ao município 1,1 milhões de euros, que o município adianta conseguir através de empréstimo.

Henrique Bertino, presidente da Câmara de Peniche, lembrou que esta obra, “há muito esperada pela população”, foi lançada há cerca de década e meia, mas não chegou a ser concluída por insolvência da empresa adjudicatária. Para Henrique Bertino, “evidenciar o território e a identidade das gentes do concelho de Peniche é o destaque deste projeto, que terá como marca a construção de um edifício acessível para todos”.