Núcleo das Caldas da Liga dos Combatentes assina protocolo com a Gazeta

0
89
Entidades contemporâneas querem trabalhar em conjunto | J.P.

O Núcleo das Caldas da Rainha da Liga dos Combatentes e a Gazeta das Caldas firmaram um protocolo, na semana passada, que visa estreitar as relações entre duas entidades quase centenárias, apresentando vantagens aos associados da instituição na aquisição de assinaturas e outros produtos à venda na loja do jornal.
A Liga, que tem cerca de 750 associados, passa, também, a ter um espaço fixo mensal nas páginas da Gazeta, através do qual pode prestar informações relevantes aos associados e à comunidade em geral.
Emanuel Sebastião, presidente da Direção do Núcleo, salienta que este tipo de protocolos “são essenciais” para a entidade “em duas vertentes”: “nos serviços de saúde e nas áreas em que nos seja possível oferecer aos associados poupanças na aquisição de bens e serviços”.
No caso da Gazeta, o protocolo se explica com o facto de “ser um órgão de comunicação relevante nas Caldas e na região” e que permite à Liga “chegar com facilidade a um público vasto” e, até, “identificar pessoas que possam precisar de apoio e que não tínhamos conseguido identificar”
Para o vice-presidente do Núcleo, Fernando Jesus, a faixa etária dos associados da Liga “aprecia o papel” e uma das vantagens deste protocolo “é conseguir que essa tradição se mantenha, permitindo a divulgação de informação”.
“Os mais jovens podem, também, ter acesso às assinaturas digitais e, desse modo, podem ter as duas opções para se manterem informados”, salientou o dirigente.
Na assinatura do protocolo entre as duas entidades, a Gazeta das Caldas esteve representada pelo diretor, José Luís Almeida Silva. ■

 

24

o Núcleo das Caldas da Rainha da Liga dos Combatentes foi fundado em 1924, um ano antes da fundação da Gazeta

 

41

instituições celebraram protocolos com o Núcleo das Caldas da Liga dos Combatentes, oferecendo descontos e vantagens aos associados daquela instituição