Pecuária da Matoeira fez descarga ilegal em afluente do Rio Tornada

0
286

Uma pecuária da localidade da Matoeira, concelho das Caldas da Rainha, fez uma descarga ilegal do efluente, que acabou por chegar a um afluente do Rio Tornada, informou a GNR.

A descarga foi detetada pelo Núcleo de Proteção Ambiental das Caldas da Rainha esta quarta-feira, numa ação de patrulhamento direcionada para a prevenção e deteção de alterações às características dos recursos hídricos.

Os militares detetaram uma descarga de efluente pecuário proveniente de uma exploração suinícola a escorrer livremente para o solo, que, posteriormente, “se introduzia na linha de água num afluente do Rio Tornada, através de um tubo de PVC, sem qualquer tipo de mecanismo que assegurasse a sua depuração”.

O NPA elaborou um auto de contraordenação ambiental, enviado para a Agência Portuguesa do Ambiente. A ação é punível com uma coima que pode ascender aos 144 mil euros.