Rotários de Óbidos têm “casa” nova

0
312
A nova sede dos rotários obidenses, na antiga escola

Antiga escola primária do Vale de Janelas convertida em sede do clube criado há um ano

O Rotary Club de Óbidos inaugurou, no passado dia 10 de junho, a sua nova sede, que fica localizada na antiga escola primária do Vale de Janelas (na Praia D’El Rey), cedida pelo município obidense.
O dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas deste ano, foi de festa para o clube obidense, que foi fundado como um satélite do do Bombarral, em 2023, e que recebeu a sua carta constitucional no ano passado, em junho (embora tenha sido emitida em abril). É que além da nova sede, foi dia de transmissão de tarefas para a nova presidente, para o ano 2024/25, Natália Pinheiro.
No seu primeiro ato, a nova presidente nomeou Tomás Matafome como seu secretário, Bertina Pinheiro como tesoureira e Ricardo Duque e Guida Santos como diretores protocolares. “Vamos fazer!”, exclamou a nova presidente dos rotários obidenses, depois de apresentar a sua equipa.
Na despedida, a presidente cessante, Adélia Belo, agradeceu a generosidade da autarquia na cedência deste espaço, que está “repleto de memórias e história e é para nós uma honra poder continuar a escrevê-la com os nossos projetos voltados ao bem-estar da comunidade”.
Adélia Belo disse que espera que a nova sede seja “onde as ideias se transformem em ações”, sendo “um farol à esperança e solidariedade”.
Já o governador do distrito rotário 1960, David Valente, elogiou o trabalho desenvolvido nos últimos seis meses na transformação deste local e ressalvou que “uma sede é uma mais-valia para o clube”, sendo que “pode ser potenciada nos projetos”.
Por sua vez, o presidente da Câmara de Óbidos, Filipe Daniel, esclareceu que a cedência do espaço foi feita ao abrigo de um contrato de comodato.
“A escola estava sem utilização, mas era uma oportunidade”, frisou o edil obidense, elogiando os melhoramentos e mostrando-se disposto a colaborar com o clube, a quem agradeceu o empenho e trabalho desenvolvido em prol da comunidade.
Além do edifício da antiga escola, que foi recuperado pelos membros do clube, amigos e vizinhos – que colaboraram nos trabalhos -, os rotários passam agora a dispôr de uma zona exterior que poderá ser aproveitada para os eventos do clube.
A antiga sala de aula conserva algumas marcas do seu anterior uso, como o quadro de ardósia. O edifício conta ainda com uma pequena cozinha.
Durante a primeira cerimónia oficial na nova “casa”, Cristina Teotónio foi ainda distinguida como membro honorário do clube obidense, ela que foi responsável pelo desafio de criar os rotários em Óbidos, como satélite do clube do Bombarral, do qual faz parte.
A cerimónia encerrou-se com um beberete no exterior. ■