Segurança Social diz que juntas médicas em Alcobaça são provisórias

0
2074
As instalações onde decorriam as consultas na Rua Custódio Maldonado Freitas | Carlos Cipriano

As consultas do Serviço de Verificação de Incapacidades (conhecidas como Junta Médica) que antes eram realizadas nas Caldas da Rainha passaram há um ano para Alcobaça, numa solução que a Segurança Social diz ser provisória. Aquela entidade diz que procura nas Caldas novas instalações com mais condições do que as anteriores e o município diz que está disposto a ajudar.

 

Desde há um ano que o Serviço de Verificação de Incapacidades (também conhecido por juntas médicas) se mudou das Caldas da Rainha para Alcobaça, onde acorrem, não só os utentes do concelho caldense, mas também os de Óbidos, Peniche e Bombarral.
A situação foi denunciada por uma leitora na edição de 1 de Setembro que, em carta dirigida ao nosso jornal, dizia que esta situação provocava dificuldades às pessoas que se tinham de deslocar a Alcobaça a partir destes concelhos, devido ao maior custo, horários desadequados dos transportes públicos e desgaste físico e psicológico de quem, já por si, padece de doença, na maioria dos casos crónica.
Contactado pela Gazeta das Caldas, o Centro Distrital de Leiria do Instituto da Segurança Social diz que está “a envidar todos os esforços no sentido de identificar um imóvel com as características adequadas à instalação do Serviço de Verificação de Incapacidades no concelho de Caldas da Rainha, pelo que a mudança do serviço para Alcobaça é provisória.”
A mesma fonte oficial daquele Instituto diz que os serviços foram encerrados nas Caldas “por motivos de salubridade e protecção da saúde pública, após parecer da Protecção Civil, Serviços Municipalizados e Saúde Pública das Caldas da Rainha” tendo sido transferidos para o Serviço Local de Atendimento de Alcobaça onde já funcionou um serviço com estas características.
Na carta publicada no nosso jornal a leitora que se queixava desta situação provisória já durar há um ano dizia que “o espaço que existia nas Caldas (mais perto, lógico e central para todos) tinha mais condições físicas, do que a situação actual em Alcobaça”, referindo que as instalações sanitárias no edifício caldense eram recentes e estavam preparadas para deficientes, o que não sucede nas instalações de Alcobaça. E alertava que este assunto interessa a todos pois ninguém está imune a doenças ou a um acidente.

Câmara diz-se disponível para ajudar

Contactada pela Gazeta das Caldas, a Câmara Municipal diz que tem realizado “todas as diligências ao seu alcance para ajudar o Instituto da Segurança Social a encontrar um novo espaço na nossa cidade para se instalar”. A mesma fonte oficial diz que já foram identificados vários imóveis que reuniam as condições exigidas para este espaço e que a própria Câmara se disponibilizou para “apoiar nas obras de adaptação do imóvel que fosse escolhido para o efeito”.
Para a passada quarta-feira, 13 de Setembro, estava prevista uma reunião entre a vereadora Maria da Conceição e responsáveis da Segurança Social para tentar resolver este assunto.